O POENSAMENTO que NAUFRAGA no EGO

17/10/2020 07:12

O  PENSAMENTO que NAUFRAGA NO EGO.

 

Não existe nada mais nojento e repulsivo do que um EGO exposto publicamente na sua onipotência, onisciência, eternidade e onipresente.

No contraditório não existe nada mais sublime e atrativo do que um EGO que sabe de seus limites e reconhece as ilimitadas potencialidades ainda inexploradas.

Nesta contradição os artistas possuem a complementariedade como aquela de Marcel DUCHAMP quando ele publicou, em 1967, que:

sob a aparência, estou tentado dizer sobre o disfarce, de um dos membros da raça humana, o indivíduo é de fato sozinho e único e no qual as características comuns a todos os indivíduos, tomados no conjunto, não possuem nenhuma relação com a explosão solitária de um indivíduo entregue a si mesmo”.

Na política pública sob as condições da democracia ativista Mary Follet sentenciou (apud CARVALHO, 1979, p.60) que

só teremos democracia verdadeira quando os jovens não mais forem doutrinados, mas formados no caráter da democracia. Portanto o meu dever como cidadão não se esgotou naquilo que trago para o Estado. Meu teste como cidadão é quão plenamente o todo é expresso em mim ou através de mim.

Esta “EXPRESSÃO do TODO em SI MESMO” salva o pensamento do SOLIPSISMAO NOJENTO e REPULSIVO e se transforma em fermento da CIVILIZAÇÃO e da CULTURA.

As OBRAS de ARTE são a medida material desta transformação do EGO em CIVILIZAÇÃO e CULTURA.

CARVALHO, Maria Lúcia R.D.  Escola e Democracia. Subsídios para Um Modelo de Administração segundo as Idéias de M.P. Follet.  São Paulo: E.P.U. Campinas, 1979. 102p.

DUCHAMP. Marcel O artista deve ir à universidade?”[1] in SANOULLET, Michel. DUCHAMP DU SIGNE réunis et présentés par Michel Sanouillet Paris: Flammarrion, 1991, pp. 236-239

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo/?fbid=1027268371055648&set=a.705103509938804



[1]

                        [1] - Texto de uma alocução em inglês pronunciada por Marcel Duchamp, num colóquio organizado em Hofstra em 13 de maio de 1960.

                    Consta em SANOULLET, Michel. DUCHAMP DU SIGNE réunis et présentés par.. Paris Flammarrion, 1991, pp. 236-239

                    Traduzido para Victor Hugo Guimarães Rodrigues - professor da FURG -  por Círio Simon em 27 de junho de 2004 no contexto do 1o Colóquio dos Dirigentes das Instituições Superior de Arte do Rio Grande o Sul realizado entre 24 e 26 de junho de 2004 no Instituto de Artes da UFRGS.

 

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode