O GRANDE GOLPE no EGO HUMANO

21/08/2021 08:07

 

O GRANDE GOLPE no EGO HUMANO

 

Uma das grandes frustrações da CRIATURA HUMANA  foi o de NÂO ENCONTRAR ninguém na LUA e nos os PLANETAS sobre os quais pudesse jogar a sua superioridade, onipotência e ignorância.

Para as culturas históricas humanas isto nunca havia acontecido antes. Em qualquer lugar onde chegasse um humano havia uma cultura para humilhar, dominar e saquear.

 A CRIATURA HUMANA  - nas suas quimeras, nos seus mitos sonhos e devaneios -  sonhava continuar a dominar e saquear e humilhar o ESPAÇO EXTERNO . Nos suas quimeras, nos seus mitos sonhos e devaneios surgiam MARCIANOS ou CELENITAS que encheram livros, filmes e ficções de toda ordem.

Este otimismo triunfante foi mantido, pela HUMANIDADE, até que as explorações espaciais  evidenciassem – ao ponto até onde os seus instrumentos e tecnologias podem alcançar - que ele estava absolutamente só neste imenso universo. Até hoje não houve a menor resposta da placa da nave PIONEER enviada ao espaço externo no dia 25 de fevereiro de 1972. E lá se vai meio século de espera.

Sem qualquer resposta, de suas esperanças, este EGO HUMANO está nos seus piores tempos. Solitário, desnorteado e deprimido com a escuridão espacial, diante das distâncias desproporcionais e com os poucos recursos que lhe resta no planeta saqueado Estonteado - pelo este  GRANDE GOLPE - ele repete o quadro clinico do ânimo descrito por SÊNECA no obra “Da tranquilidade do ânimo”, p. 18

Se prescindirmos de todo convívio, se renunciamos a todas as relações humanas e vivermos voltados exclusivamente para nós mesmos, esta solidão desprovida de todo desejo será seguida pela completa falta de ocupações significativas. Começaremos a construir prédios, a derrubar outros, a remover o mar, a conduzir as águas contrariando as dificuldades dos lugares e a gastar mal o tempo que a natureza nos deu para gastar bem

O pior quadro desta solidão desprovida de desejos, proveniente de suas  grandes frustrações, começa quando ele se volta contra os seus semelhantes tão frustrados, raivosos e insanos como ele. Pululam as matilhas, os bandos - sem ética somados por temerários, oportunistas que fazem as leis por suas próprias mãos derivados de códices - que são tão arcaicos como aqueles da mais profunda idade média que se seguia a ruina da ROMA e ao suicídio de SÊNECA.

 

SÊNECA

https://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=6773

 

Herbert George Wells, (H.C WELLS )  *1866-1946)

https://pt.wikipedia.org/wiki/H._G._Wells

 

DESENHOS de Henrique  ALVIM CORREA  e os MARCIIANOS

https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/09/1816968-ilustracoes-definitivas-de-guerra-dos-mundos-sao-exibidas-em-sao-paulo.shtml

 

Henrique Alvim Correa (Rio de Janeiro RJ 1876 - Bruxelas, Bélgica 1910)

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/5/5a/War-of-the-worlds-tripod.jpg

 

Imagem  da PLACA da NAVE ESPACIAL PIONEER

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Pioneer10-plaque.jpg

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo/?fbid=1232868137162336&set=a.705103509938804

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode