O ESTRANGEIRO

02/05/2016 05:44

IMPORTAR PADRÕES ÉTICOS e ESTÈTICOS

Ninguém proíbe importar padrões de ética, de estética e de bons costumes. Os maus costumes, a corrupção e as falcatruas de todas as formas e dimensões invadem as fronteiras do BRASIL, avassalam e anestesiam muitos.

A formação ética, estética e os bons costumes não foram abolidos pela ERA PÓS-INUSTRIAL. Eles circulam cada vez mais e com mais intensidade nunca vista antes, apesar de alguns terem sido anestesiados para eles.

Com mais facilidade do que os nativos  o estrangeiro percebe que os maus costumes, o mau gosto e as falcatruas que já foram naturalizados e constituem uma espécie de 2ª Natureza assimilada pelos nacionais.

O ESTRANGEIRO em GEORG SIMMEL (1858-1919)

https://oslugaresocupados.wordpress.com/2012/08/31/georg-simmel-o-estrangeiro-e-a-cidade-a-mobilidade-enquanto-factor-de-organizacao-da-cultura-e-do-espaco-da-cidade/

 

Imagem  o ARTISTA FRANCIS PELICHEK (1896-1937)  se despedindo de PRAGA, aos 24 anos para vir ao Brasil

FACEBOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10202086531802257&set=a.10202086531762256.1073742818.1756223351&type=3&theater

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode