O DIREITO do CANHÂO

23/09/2018 01:50

 O DIREITO do CANHÃO.

Um autêntico militar traz na sua mente, gestos e a disciplina do quartel. Os seus crivos de escolhas são os HÁBITOS da DISCIPLINA e a OBEDIÊNCIA CEGA. OBEDIÊNCIA CEGA e a DISCIPLINA, são hábitos IMPRÓPRIOS para GOVERNAR CIVIS. Hipólito José da Costa publicava,  em   OUTUBRO de 1809,  no CORREIO BRAZILIENSE, nº 17  - p 434 em Miscellanea:

Os militares são tão impróprios para governar os povos, quanto lhes é aplicável a máxima daquele mau francês : ‘le droit que nous connaissons est le droit du cannon’”.

O militar é treinado para não sentir e nem pensar.  Assim não existem artistas militares, pois os autênticos SENTIMENTOS devem dar lugar ao regulamento e ao hábito da  disciplina  da caserna. Não existem militares filósofos além de estrategistas, elaboradores e seguidores de códigos militares.

Esta especialização profissional é necessária para a linha de montagem da ERA INDUSTRIAL e aos sistemas unívocos e lineares da defesa e da segurança da produção ao menor custo e desperdício.

No entanto este é apenas e tão somente um argumento ECONÔMICO e muito distante de um argumento e de uma solução POLITICA

 

« le droit que nous connaissons est le droit du cannon » ’

https://www.maxisciences.com/expression/d-ou-vient-l-expression-etre-canon_art40352.html

 

IMAGEM :

https://br.sputniknews.com/defesa/201711169852880-russia-recupera-canhoes-nucleares-grande-calibre-fotos/

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10205568144600401&set=a.3584675712991&type=3&theater

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode