O CRIME NÔMADE

29/03/2015 07:03


NOMADISMO do CRIME.


Na medida emque cidadão se desenraiza do seu pertencimento a um grupo civilizado ele penetra
nas forças que regem a contravenção e do crime. O indivíduo, na marginalidade
desta civilização, busca naturalmente o bando como qual terá força e apoio para praticar o delito.


 O Estado colabora com o bando na medida quepermite este anonimato e promove formas institucionais, via presídios, para a "FORMAÇÂO CRIMINOSA"  destesdelinquentes.


Uma vezcompletada esta "FORMAÇÂO CRIMINOSA" e a "PENA" cumprida, começa o ciclo do
nomadismo deste mesmo crime e o recrutamento de novos "BANDOLEIROS"


Pararomper este ciclo do nomadismo criminoso o melhor remédio é a identificação com
a célula municipal de origem e o lugar de exercício da cidadania. Na contramão
os meios tecnológicos da era pós-industrial favorecem o nomadismo e o retorno à
coleta de oportunidades para a delinquência.


Na práticae na teoria  nenhum cidadão é maior do
que a célula municipal na qual exercer plenamente a sua  cidadania.


O  domicilio conhecido  e a pratica do
sedentarismo responsável são barreiras contra 
a barbárie resultante do nomadismo predatório. O vínculo é a cidadania
praticada no interior do domicílio eleitoral


ARTISTAS BRASILEIROS  possuem CONTA SECRETA na SUIÇA

https://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=7042


ESTATUTO do crime no RS

https://www.correiodopovo.com.br/Noticias/552133/MP-encontra-estatuto-de-faccao-criminosa-no-RS-


Imagem: BÁRBAROS

https://macacoevoluido.blogspot.com.br/2011/09/quem-eram-os-barbaros.html

Joseph-Noël Sylvestre O saquede Roma pelos bárbaros em 410, , 1890 
CULTURA NÔMADE contra SEDENTÁRIA


Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode