O BRASILAINDA NÂO TEM UNIVERSIDADE

09/02/2019 04:10

O BRASIL AINDA NÃO TEM UNIVERSIDADE.

 

 Ao colocar ao pé da letra de a  UNIVERSIDADE SER o LUGAR e a INSTITUIÇÂO capaz de cultivar de forma continuada “o hábito de assumir o dever da integridade intelectual”; chega-se a conclusão de o BRASIL AINDA NÃO TEM UNIVERSIDADE

No BRASIL esta UNIVERSIDADE sempre foi uma  oportuna criação burocrática para alojar SÓCIOS do PODER de OCASIÃO.

A Revolução de 1930 criou, no BRASIL, a UNIVERSIDADE BRASILEIRA como uma das estruturas burocráticas alojadas do MINISTÉRIO da EDUCAÇÃO  e da CULTURA. Os paulistas foram hábeis em usar a  estrutura burocrática criada pelo governo federal para descarregar o ouro da REVOLUÇÂO de Constitucionalista de 1932. Estão colhendo na USP e pela USP preciosas frutos na política, na economia. Porém perdeu a continuidade na oscilação entre extremos políticos e burocráticos. Foi necessário criar a UNICAMP, a UNESP para alojar SÓCIOS do PODER de OCASIÃO.

A REVOLUÇÂO de 1964 reuniu - no ÂMBTO desta UNIVERSIDADE - o rebanho dos CULPADOS de TUDO e escolheu as vítimas carismáticas para punir com cassações exemplares. Aproveitou o vazio deixado pelos CULPADOS de TUDO para alojar, nesta UNIVERSIDADE, os seus SÓCIOS de OCASIÃO e os mais  desqualificados para  exercitar o   hábito de assumir o dever da integridade intelectual”;.

O mesmo quadro se repete em 2019 A estrutura burocrática do atual MINISTÈRIO da EDUCAÇÃO de 2019 do BRASIL é a continuidade da oscilação entre extremos da Revolução de 1930. Oscilações que visam a UNIVERSIDADE como APARELHO da REPRODUÇÂO PREVILEGIADA das IDEOLÓGIAS dos SÓCIOS do PODER de OCASIÃO

   Dois índices de que o BRASIL AINDA NÃO TEVE UNIVERSIDADE é o NUMERO de PRÊMIO NOBEL que tiveram origem nesta UNIVERSIDADE BRASILEIRA Outro é a “avalanche” de estudantes de países desenvolvidos que procuram esta UNIVERSIDADE BRASILEIRA como lugar para realizar a sua formação básica universitária.

Até prova em contrário permanece a sensação que a UNIVERSIDADE BRASILEIRA continua a ser  apenas um lugar burocrático para o PODER de OCASIÃO alojar SÓCIOS os mais  desqualificados no exercício do   hábito de assumir o dever da integridade intelectual”;.

[1]

De outra parte INVESTIR CONTRA este simulacro de   UNIVERSIDADE é fazer p papel de DOM QUIXOTE investindo contra os POBRES MOINHOS de VENTO como GIGANTES responsáveis de todos os males do Brasil

 

O único elemento, entre todos os autênticos pontos de vista essenciais que elas (as universidades) podem, legitimamente, oferecer aos seus estudantes, para ajudá-los em seu caminho pela vida afora, é o hábito de assumir o dever da integridade intelectual; isso acarreta necessariamente uma inexorável lucidez a respeito de si mesmos”  WEBER, Max. Sobre a universidade. São Paulo : Cortez, 1989.  152

 

Nenhuma universidade brasileira entre as 200 melhores do mundo

https://epocanegocios.globo.com/Informacao/Visao/noticia/2014/10/brasil-nao-tem-nenhuma-universidade-entre-200-melhores-do-mundo.html

 

Imagem

https://issocompensa.com/ipsis_litteris/dom-quixote-moinhos-de-vento

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10206072027597161&set=a.3584675712991&type=3&theater

        -

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode