O ARTISTA como o MAIS INÚTTIL TEMERÁRIO

16/07/2021 07:08

 

 O ARTISTA o mais INUTIL dos TEMERÀRIOS

 

O  ARTISTA  é o SER em permanente BUSCA do SIBRE-HUMANO ou seja daquilo que a NATUREZA não oferece por  SI MESMA.

Ao examinar as competências e os limites da ARTE no âmbito da  FORMAÇÂO e da CULTURA Nietzsche escreveu   (2000, p.134) que

a arte não pode ter sua missão na cultura e formação, mas seu fim deve ser alguém mais elevado que sobre passe a humanidade. Com isso deve satisfazer-se o artista. É o único inútil, no sentido mais temerário”.

As competências da ARTE situam-se além e acima dos limites das necessidades básicas humanas, Assim uma nação, uma civilização cria espaço, tempo e lugar  para se dedicar e deixar um grande oportunidade para a Arte.. Oportunidade  e energias para a criação do novo que está além e acima das MECESSIDADES HUMANAS BÁSICAS já  supridas.

 

O MAIS INUTIL dos TEMERÁRIOS ISTO é ARTE - 050

https://profciriosimon.blogspot.com.br/2012/10/isto-e-arte-052.html

 

Imagem:

XUL SOLAR  VUEL VILLA (1936)  https://en.wikipedia.org/wiki/Xul_Solar

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo/?fbid=1208991212883362&set=a.705103509938804

 

 

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode