NOTAS de ARTE X CRÔNICAS POLICIAIS

02/10/2017 00:31

Entre NOTAS de ARTE e CRÔNICA POLICIAL..

Os atuais meios de comunicação de massa possuem apenas duas pautas: as NOTAS de ARTE e a  CRÔNICA POLICIAL.  Nas NOTAS de ARTE cabe tudo de positivo, civilizatório e aquilo que a humanidade se orgulha. Na CRÔNICA POLICIAL cabe o negativo, barbárie e aquilo que a humanidade se envergonha.

Não vamos culpar o mensageiro e mandar decapitá-lo.  A CULPA ou o ELOGIA cabem a QUEM PRODUZ a BARBÀRIE ou a CIVILIZAÇÂO. Também não é possível estacionar na OBRA de ARTE ou sobre o CATACLISMA da BARBÀRIE.

O divisor entre a CULPA e ELOGIÁVEL está em QUEM PRODUZ a BARBÀRIE e a CIVILIZAÇÂO.

A ARTE está EM QUEM A PRODUZ. A criatura humana sabe que ARTE é uma só. De um lado está a vontade, o conhecimento da construção, a euforia dos sentimentos positivos e vontade de VIVER (EROS). Na mesma pessoa reina a imperiosa necessidade da destruição, do descarte e da desqualificação (TANATOS). Entre os dois reina a penumbra. A dúvida e a angústia do desconhecido.
A autonomia humana está no direito de escolher entre a DESTRUIÇÂO, a PENUMBRA ou a CLARA VONTADE de CONSTRUIR.

Acompanhar, aplaudir e imitar o celerado só pode levar ao DELITO, a CONFUSÂO e DESTRUIÇÂO.

Imagem: - Ezequiel:-Invasão de Gog e a destruição de seu exército

Face book

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10204244212782933&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode