NAVEGANTES e o CAMINHO NOVO

17/02/2014 07:14

NAVEGANTES e o CAMINHO NOVO

Dom Diogo de Souza ao seu solar pelo Caminho Novo. Este Caminho Novo levava ao solar,  ao Bairro Navegantes e ao QUARTO DISTRITO de Porto Alegre. Ele foi objeto de uma imagem de Jean-Baptiste DEBRET (1768-1848) e de rasgados elogios dos poucos viajantes estrangeiros que se aventuraram, no início do século XIX, pelos caminhos conflagrados  da Província de São Pedro e por de. Parece que DEBRET não fez esta viagem â fronteia marcada por redobrados conflitos internos e externos. Por esta razão deve ter se enganado no título, como sobejamente demonstra o Mestre Arq. e Prof. BRUNO CÉSAR EUPHRASIO de MELLO. A imagem deve-lhe ter vindo as mãos do seu discípulo Manuel Araújo Porto-alegre (1809-1879) futuro Barão de Santo Ângelo, que teve aqui aulas de desenho e pintura com vários mestres da tintas e pinceis. Para reforçar da tese do Prof. BRUNO, Debret coloca, inclusive,  PORTO ALEGRE no mapa da província do Espírito Santo num dos seus mapas do Brasil. Uma nação que ocupa uma extensão territorial a três vezes o do Império Romano estes equívocos de nome e de localização são detalhes irrelevantes e com parcas consequências práticas. Especialmente para um estrangeiro, para quem o território brasileiro não abria os seus portos até 1808. Evidente que em época de satélites e de GPS este erro é monstruoso e inconcebível.

 

O EQUÍVOCO de DEBRET

https://urbsnova.wordpress.com/vilaflores/

Pesquisa do mesmo tema

MELLO, Bruno César Euphrasio de "A cidade de Porto Alegre entre 1820 a 1890: as transformações fíicas da capital a partir da impressões dos viajantes  estrangeiros"[dissertação Orient. SOUZA, Célia Ferraz de] Porto Alegre:  Faculdade de Arquitetura da UFRGS. 2010, 213 f.; il.;30 cm  https://www.archdaily.com.br/br/tag/bruno-cesar-euphrasio-de-mello

MAPA do BRASIL de Jean-Baptiste DEBRET

https://www.brasiliana.usp.br/bbd/handle/1918/00624510#page/21/mode/1up

Notícias

12/02/2013 07:01

MUDAR para PERMANECER IGUAL

    A mudança na superficie, muitas vezes, mantém ou fortifica o sistema. No Brasil o fim da era dos generais, no poder central, significou de fato a manutençao do sistema que lhes dava suporte. No centro o sistema econômico  continuou e se fortificou. Sob o titulo de ABERTURA...
11/02/2013 08:09

A obra de Arte completa-se na sua recepção

  A OBRA de arte possui no sentido e atinge os objetivos na seu percurso pelo mundo afora. Neste ela se distingue de TRABALHO que é consumido e termina com a vida do seu autor   A intensa atenção de uma nação sobre detalhes de obra de...
10/02/2013 07:35

O NARIZ CRESCE e ENCURTA as PERNAS

  Certamente a cultura e a politica alemã - que teve quatro ministros federais, com diploma de doutorado cassado pelas mesmas universidades que as concederam - merece, ao um menos, um registro daquilo que se passou longe do Poder Originário, mas que deve pagar toda impostura acadêmica e...
09/02/2013 08:13

ESTUDANTE não FAZ ARTES

  O Poder Originário está na busca de sua autonomia. Nesta busca de autonimia pode apreender com um estudante de Artes O sábio professor e artista Ado MALAGOLI (1906-1994) era taxativo com os seus discípulos de Pintura na academia quando afirmava que  ESTUDANTE não FAZ ARTES Nisto...
08/02/2013 07:50

NÃO FAÇA ARTES ! MEU FILHO

  Para o Poder Originário também vale a transformação do TABU em TOTEM Certamente a cuidadosa e sábia  mãe impõe limites no seu preceito “NÂO FAÇA ARTES” . Ela é sabia pois conhece os efeitos da força deste campo da criatividade e da imaginação humana, Efeitos capazes de trazer caos ao...
07/02/2013 08:35

FÁBRICA de MALDADES

  Quem busca impor freios aos privilégios duvidosos de alguns é recompensado com a pedrada de “MAU”, de “ANTIPÁTICO” e de “INSENSÌVEL”. Mesmo tentando evitar catástrofes anunciadas e que se repetem num ciclo previsível e infernal, este bode continua sendo rotulado e acusado de “MAU”, de...
06/02/2013 07:30

ESPERANÇAS no CAMINHO

O Poder Originário também possui esperanças que alguma migalha caia das mesas dos TRABALHADORES ANTENADOS depois destes se fartarem... `  O Brasil perdeu lugar na mesa da corrida espacial e agora necessita da migalha dos satélites dou outros. Perdeu lugar na mesa da vanguarda das tecnologias...
05/02/2013 07:39

CATÁSTROFES ANUNCIADAS

Quando se alega pressa de IMPLANTAR, sem EXPERIMENTAR, o Poder Originário é o eterno atropelado e a vitima preferida.  A pressa e a urgência É dos eternos APRENDIZES de FEITICEIROS  e autores das CATÁSTROFES ANUNCIADAS. APRENDIZES com varinha mágica do PODER em suas mãos desastradas e...
04/02/2013 08:08

A LÓGICA do REBANHO

A  força coletiva da busca do pertencimento estão na raiz das forças motoras com frequentes desfechos nefastos. O rebanho que vai a matadouro encontra o seu destino nos circos em chamas, nos bateau mouches,  na boite KISS de Santa Maria como ao desastrado evento da “onda” da Arena...
03/02/2013 07:41

As LEIS e o BACALHAU do COLONIZADOR

  O primeiro passo necessário para o brasileiro se libertar do colonialismo é admitir que foi colono, continua como colono e será sempre colono enquanto não aceitar esta realidade. Este  tabu necessita sua transformação em totem, como o praticaram as 13 colônias os norte-americanas.. No...

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode