NAVEGANTES e o CAMINHO NOVO

17/02/2014 07:14

NAVEGANTES e o CAMINHO NOVO

Dom Diogo de Souza ao seu solar pelo Caminho Novo. Este Caminho Novo levava ao solar,  ao Bairro Navegantes e ao QUARTO DISTRITO de Porto Alegre. Ele foi objeto de uma imagem de Jean-Baptiste DEBRET (1768-1848) e de rasgados elogios dos poucos viajantes estrangeiros que se aventuraram, no início do século XIX, pelos caminhos conflagrados  da Província de São Pedro e por de. Parece que DEBRET não fez esta viagem â fronteia marcada por redobrados conflitos internos e externos. Por esta razão deve ter se enganado no título, como sobejamente demonstra o Mestre Arq. e Prof. BRUNO CÉSAR EUPHRASIO de MELLO. A imagem deve-lhe ter vindo as mãos do seu discípulo Manuel Araújo Porto-alegre (1809-1879) futuro Barão de Santo Ângelo, que teve aqui aulas de desenho e pintura com vários mestres da tintas e pinceis. Para reforçar da tese do Prof. BRUNO, Debret coloca, inclusive,  PORTO ALEGRE no mapa da província do Espírito Santo num dos seus mapas do Brasil. Uma nação que ocupa uma extensão territorial a três vezes o do Império Romano estes equívocos de nome e de localização são detalhes irrelevantes e com parcas consequências práticas. Especialmente para um estrangeiro, para quem o território brasileiro não abria os seus portos até 1808. Evidente que em época de satélites e de GPS este erro é monstruoso e inconcebível.

 

O EQUÍVOCO de DEBRET

https://urbsnova.wordpress.com/vilaflores/

Pesquisa do mesmo tema

MELLO, Bruno César Euphrasio de "A cidade de Porto Alegre entre 1820 a 1890: as transformações fíicas da capital a partir da impressões dos viajantes  estrangeiros"[dissertação Orient. SOUZA, Célia Ferraz de] Porto Alegre:  Faculdade de Arquitetura da UFRGS. 2010, 213 f.; il.;30 cm  https://www.archdaily.com.br/br/tag/bruno-cesar-euphrasio-de-mello

MAPA do BRASIL de Jean-Baptiste DEBRET

https://www.brasiliana.usp.br/bbd/handle/1918/00624510#page/21/mode/1up

Notícias

10/06/2013 08:59

O REBANHO SEMPRE MARCHA para o MATADOURO.

  O Brasil - carente de tecnologia numérica digital proprietária - está condenado a produzir poluição mortífera, sucata e condições adversas a ele mesmo. Não sabe quem o espiona ou o monitora nas suas circunstâncias mais íntimas e pessoais e o reduz as condições de rebanho com...
09/06/2013 08:44

POLUIÇÃO e SUCATA para DAR e VENDER

  O Brasil carece de tecnologia numérica digital proprietária. Outros tomaram o espaço externo e suas conexões. A produção das energias de ponta está sob controle, uso efetivo e propriedade alheia. As nano tecnologias e genéticas ficaram no papel. O Brasil é um mero usuário no concerto das...
08/06/2013 10:12

O QUINTAL da SUCATA

  O Brasil perdeu a corrida numérica digital, a espacial, o acesso a energias de ponta e principalmente as tecnologias genéticas e o seu controle e uso efetivo a seu favor. Em todas estas áreas o Brasil tornou-se um mero usuário sem a menor voz e vez no concerto das nações detentoras das...
07/06/2013 10:22

POTENCIALIDADES da ORIGEM do PODER

  O Poder Originário possui competências cujos limites os mediadores, atravessadores e o tuteladores insistem não só em limitar, mas também em classificar, hierarquizar e manipular em seu proveito.  Fabricam a identidade coletiva e a modificam, impondo o seu próprio mundo sua origem e o...
06/06/2013 05:41

FALSIFICANDO a MEMÓRIA do PODER ORIGINÁRIO

  Os mediadores, atravessadores e o tuteladores impõem a sua própria memória para enganar, desqualificar e aniquilar o Poder Originário. Fabricam e modificam a identidade coletiva, impondo o seu próprio mundo e a memória de sua origem. Nicolo Maquiavel conceituou e explorou as formas...
05/06/2013 10:59

ANIQUILAR o PODER ORIGINÁRIO

  O trabalho primordial dos tiranos, de todos os tempos e lugares, foi enganar, desqualificar e no fim aniquilar o Poder Originário do seu próprio mando. Para tanto sempre contaram com o subserviente serviço de mediadores, atravessadores e o tuteladores para impor-se como solução única,...
04/06/2013 07:25

MEIA CULTURA e VANTAGENS INTEIRAS

  A exploração de particularidade para expandi-la para toda a realidade é a chave para mediadores, atravessadores e o tuteladores. Com esta meia cultura buscam abrir todas as portas e impor-se como a única solução justa verdadeira e bela. Esta meia cultura, além de barata e fácil, é aceita...
03/06/2013 07:38

QUANDO ESMOLA é MUITO GRANDE até SANTO DESCONFIA

  A promessa não custa nada aos mediadores, atravessadores e o tuteladores. Além de barata e fácil ela é aceita normalmente por aquele que a recebe.  Sempre existe alguém crédulo suficiente para aceitá-la e levá-la a sério. Ela torna-se devastadora se acompanhada da lisonja fácil. O...
02/06/2013 07:44

SORRISO nos LÁBIOS .. PORRETE na MÃO

  O elogio é barato, fácil e muito bem aceito por quem o recebe. Não custa nada aos mediadores, atravessadores e o tuteladores. Por pior que seja o indivíduo ou grupo  sempre é possível estacar um qualidades. Os egos inflados daqueles que são vitimas deste embuste laudatório fácil. Em...
01/06/2013 07:59

MATE o TEMPO .. e .. ELE te MATARÁ

  Os mediadores, atravessadores e o tuteladores sabem que o tempo é implacável, mortal e silencioso. Ao  procrastinar interferem e estrangulam o fluxo da vida do PODER ORIGINÁRIO e desviam o tempo alheio para o seu próprio uso e a seu benefício.   PROCRASTINAÇÃO: palavra...

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode