NAVEGANTES e o CAMINHO NOVO

17/02/2014 07:14

NAVEGANTES e o CAMINHO NOVO

Dom Diogo de Souza ao seu solar pelo Caminho Novo. Este Caminho Novo levava ao solar,  ao Bairro Navegantes e ao QUARTO DISTRITO de Porto Alegre. Ele foi objeto de uma imagem de Jean-Baptiste DEBRET (1768-1848) e de rasgados elogios dos poucos viajantes estrangeiros que se aventuraram, no início do século XIX, pelos caminhos conflagrados  da Província de São Pedro e por de. Parece que DEBRET não fez esta viagem â fronteia marcada por redobrados conflitos internos e externos. Por esta razão deve ter se enganado no título, como sobejamente demonstra o Mestre Arq. e Prof. BRUNO CÉSAR EUPHRASIO de MELLO. A imagem deve-lhe ter vindo as mãos do seu discípulo Manuel Araújo Porto-alegre (1809-1879) futuro Barão de Santo Ângelo, que teve aqui aulas de desenho e pintura com vários mestres da tintas e pinceis. Para reforçar da tese do Prof. BRUNO, Debret coloca, inclusive,  PORTO ALEGRE no mapa da província do Espírito Santo num dos seus mapas do Brasil. Uma nação que ocupa uma extensão territorial a três vezes o do Império Romano estes equívocos de nome e de localização são detalhes irrelevantes e com parcas consequências práticas. Especialmente para um estrangeiro, para quem o território brasileiro não abria os seus portos até 1808. Evidente que em época de satélites e de GPS este erro é monstruoso e inconcebível.

 

O EQUÍVOCO de DEBRET

https://urbsnova.wordpress.com/vilaflores/

Pesquisa do mesmo tema

MELLO, Bruno César Euphrasio de "A cidade de Porto Alegre entre 1820 a 1890: as transformações fíicas da capital a partir da impressões dos viajantes  estrangeiros"[dissertação Orient. SOUZA, Célia Ferraz de] Porto Alegre:  Faculdade de Arquitetura da UFRGS. 2010, 213 f.; il.;30 cm  https://www.archdaily.com.br/br/tag/bruno-cesar-euphrasio-de-mello

MAPA do BRASIL de Jean-Baptiste DEBRET

https://www.brasiliana.usp.br/bbd/handle/1918/00624510#page/21/mode/1up

Notícias

20/07/2018 03:07

ACADÊMICOS & TÉCNICOS

ACADÊMICOS  & TÉCNICOS. É da mais profunda e arraigada tradição brasileira querer o FILHO ou FILHA DOUTOR ou DOUTORA  Dante LAYTANO encontrou a solução: na hora do REGISTRO do NASCIMENTO solicitar, no cartório, um “Dr.” na frente do nome. Na prática basta comprar e usar um bom terno e...
19/07/2018 01:42

ALFINETES e ALFINETADAS

ALFINETES e ALFINETADAS. Uma pequena  inteligência - vetorizadas numa direção unívoca e linear reta - é incapaz de pensar fora e para além da fileira de ALFINETES com qual alguém marcou o mundo.  Nesta lógica o PENSAMENTO SBRE o OUTRO  necessita desferir e ALFINETADAS em TUDO e em...
18/07/2018 00:30

MARUJOS REBELDES a BORDO

MARUJOS REBELDES a BORDO. O terror de todo comandante de navio é ter MARUJOS REBELDES a BORDO Esta situação provoca as reações mais temerárias, extremas e inesperadas de um e outro lado. A verdade é que todo comandante não só porta a bandeira de seu Estado de origem, como também representa...
17/07/2018 01:34

QUEREM o CARGO

¿ POR QUE INCOMPETENTES QUEREM o GOVERNO ?. Ninguém é COAGIDO,  FORÇADO ou VIOLENTADO para TOMAR POSSE de um CARGO PUBLICO ou PARTICULAR  que NÂO QUER ou SABE que NÃO é COMPETENTE para cumprir as FUNÇÔES PRESCRITAS pela CONSTITUIÇÂO ou pelo ESTATUTO.. No entanto é mais do que...
16/07/2018 01:17

A FORMA é a MORTE da ARTE

A FORMA é a MORTE da ARTE. “Boa é a formação, má é a forma,  porque a forma é fim, é morte”. Paul Klee[1]   Paul Klee (1879-1949) foi artista visual, músico e pesquisador-instrutor da BAUHAUS. Sabia as suas competências e limites destes fenômenos superiores da cultura humana e as dominava...
15/07/2018 01:32

... NÃO é ESTILO

.....NÃO é ESTILO. A época pós-industrial desterrou o MITO do ESTILO. Um dos eventos mais significativos deste abandono da concepção e normativa soberana do ESTILO foi dado pela BAUHAUS.  Esta foi concebida para a ERA INDUSTRIAL. No entanto percebeu, experimentou  e trabalhou para superar...
14/07/2018 02:54

ARROGAR-SE e o ARROGANTE

ARROGAR-SE e o ARROGANTE. Os ONIPOTENTES, ETERNOS. ONSCIENTES e ONIPRESENTES são simultaneamente os LEGISLADORES, EXECUTIVOS e JUIZES de TUDO e de TODOS. Nada escapa ao seu crivo de juízes implacáveis. Os OUTROS são obrigados a FAZER aquilo de que são incompetências mesmo que suas ações demorem de...
13/07/2018 02:13

O ARTISTA como TRANSGRESSOR

O ARTISTA como TRANSGRESSOR. O mestre Ado Malagoli afirmava: ” imponham ao artista um LEI, ele fará exatamente o contrário e ele produzirá uma OBRA de ARTE” No seu desafio tanto às LEIS naturais como  às humanas supõe-se no ARTISTA TRANSGRESSOR conhecimento, competência e maestria. Na ponte,...
12/07/2018 00:44

AVALANCHE AUTOBIOGRÁFICA

AVALANCHE AUTOBIOGRÁFICA. Os bilhões de seres humanos vivos do planeta Terra induz em cada indivíduo a necessidade de projetar o MÁXIMO o seu EGO pessoal. Assim AVALANCHE AUTOBIOGRÁFICA  que se formou a partir do ROMANTISMO não PARA de CRESCER e produz ressonâncias ensurdecedoras e...
11/07/2018 02:34

O DIFERENTE e o RARO

O DIFERENTE e o RARO. Em época igualitária e  de massificação, da ERA INDUSTRIAL, não interessa o DIFERENTE e o  RARO. Todos esperam, neste tempo, o APARATOSO, o MARAVILHOSO e o MASSIVO. Na ERA INDUSTRIAL todos sabem que o  DIFERENTE e o  RARO fatalmente irá  para o...

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode