NA FLORESTA do TEMPO

18/09/2016 06:12

Uma COBRA ENGOLE outra COBRA

Ou O SILÊNCIO do MATO e o EQUILBRIO ECOLÓGICO.  

 Não há como não admitir que todos estão a  mercê do TEMPO. Este TEMPO é silencioso como uma floresta cheia de surpresas e imprevistos. Nesta FLORESTA SILENCIOSA do TEMPO a criatura humana não deixa de ser e de se comportar como um bicho solto.

A lei da selva é sagrada e imutável. A própria Natureza se encarregada de selecionar os mais aptos. A Natureza consegue  o que quer e, como soberana, cabe-lhe sempre a última palavra.

Uma cobra engole outra cobra

https://noticias.r7.com/esquisitices/noticias/cobra-canibal-engole-outra-serpente-20111010.html

FACEBOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10202594686625810&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater

 

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode