MEMÒRIAS de DESGRAÇAS HUMANAS

11/09/2020 06:08

11 de SETEMBRO de 2020

A MEMÓRIA das CATÁSTROFES HUMANAS.

 

Certamente a MEMÓRIA da data do 11 de setembro de 2001 não sairá tão cedo da mente humana.

A memória da destruição das DUAS TORRES GÊMEAS de NOVA YORK irá concorrer com a MEMÓRIA da TORRE de BABEL ou das DUAS BOMBAS ATÔMICAS JOGADAS sobre a POPULAÇÂO CIVIL de HIROSHIMA e NAGASAKY

 Apenas três resultados catastróficos de gigantescos acúmulos de ambições, de erros, de improvidência e de audácia desmedidas, Resultados materiais catastróficos que expõe, aos olhos de todos, as fraquezas da razão humana, os limites de sua vontade e a insensibilidade ao sofrimento e perdas de VIDAS e BENS dos OUTROS.

A catástrofe em andamento do COVID-19 é um teste da   sensibilidade ao sofrimento e perdas de VIDAS e BENS dos OUTROS, da EFETIVA vontade de AJUDAR e do empenho em compreender e agir nos limites da razão humana

As grande e as pequenas desgraças sempre estão espreita para se concretizarem no momento mais inesperado e impotuno. Poucos esperavam, no ano de 2000, tantas desgraças como aconteceram  nas duas primeiras décadas do século XXI.  Elas só não foram sentidas por um POVO ANESTESIADO e SEM IDENTIADE e SEM MEMÓRIA e que não se IMPORTAM mesmo com o ACÚMULO das MAIORES DESGRAÇAS.  Impõe-se, custe o que custar, o combate à mitificação e ao esquecimento por meio do culto continuado destas DESGRAÇAS.

TORRE de BABEL

https://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_de_Babel

 

MORTOS da BOMBA DE HIROSHIMA e NAGASAKI

https://www.bbc.com/portuguese/resources/idt-a05a8804-1912-4654-ae8a-27a56f1c2b8a

 

O ATAQUE às TORRES GEMEAS no dia 11 de setembro de 2001

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ataques_de_11_de_setembro_de_2001

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo?fbid=998137367302082&set=a.705103509938804

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode