LUGAR do ESTUDANTE na ESCOLA

18/06/2017 00:05

O ESTUDANTE é a RAZÂO de SER da ESCOLA.

Clique sobre o link   

https://profciriosimon.blogspot.com.br/2017/06/0-207-estudos-de-arte.html

 

Olinto de Oliveira defendeu - no seu Relatório de 1912 do IBA-RS - um lugar privilegiado ao ESTUDANTE  na escola.  O mesmo pensamento foi anotado por Souza Campos (1940 pp.287/8 e 1954, p. 8) de que ”o ESTUDANTE está acima de todas as organizações escolares”  escrito por  de Olinto na ocasião da criação Universidade Brasileira..

Assim o primeiro pediatra - com tese de doutorado defendida no dia 05 da janeiro de 1888 na corte do Rio de Janeiro - coloca o divido sentido e razão de ser de uma escola.  

O ESTUDANTE é a expressão concreta e  personalizada das mudanças que a antiga ESCOLA da ERA INDUSTRIAL necessita fazer para ser coerente com o TEMPO, o LUGAR e a SOCIEDADE da ÉPOCA PÓS-INDUSTRIAL.

O ESTUDANTE não mudou o seu ENTE como pessoa.   A NATUREZA deste ENTE continua na   BUSCA da FELICIDADE e da REALIZAÇÃO no seu modo novo de SER do ESTUDANTE no MUNDO. Este modo de SER no MUNDO que MUDOU.  Novos desafios e problemas em outras circunstâncias marcam modo de SER do ESTUDANTE no MUNDO. É nestes problemas, desafios e circunstâncias que a antiga ESCOLA da ERA INDUSTRIAL empacou e recusa realizar qualquer mudança coerente com esta NOVA SOCIEDADE, LUGAR CONCRETO e TEMPO. A ESCOLA obsoleta da ERA INDUSTRIAL raciocina com os antigos faraós: ¿ SE SEMPRE FOI ASSIM PORQUE NÂO PODE CONTINUAR a SER ?. Para reforçar a sua recusa em MUDAR esta ESCOLA obsoleta acumula argumentos ao estilo “Em time que está ganhando não se mexe..,”

 No contraditório a imagem as escultura da JUVENTUDE  no prédio do Ministério de Educação e Saúde Pública onde OLINTO de OLIVEIRA organizou e dirigiu a Diretoria INFANTO MATERNA.

 

Boletim do Ministério de educação e Saúde Pública. Rio de Janeiro Ano i nºs 1 e 2  jan-jun 1931 –  última capa externa

 

OLIVEIRA, Olinto de.  Relatórios de 1909 a 1912 do Instituto de Bellas Artes  do Rio Grande SuL apresentados pelo Presidente Dr. Olinto de   Oliveira. Porto Alegre: Globo, 1912. 41 p. + estatísticas.

 

SOUZA CAMPOS, Ernesto. Educação Superior no Brasil: esboço de um quadro histórico de 1549-1939. Rio de Janeiro: Ministério de Educação, 1940. 611p.

 ____.   História da Universidade de São Paulo. São Paulo: USP, 1954. 582p.

 

O PENSAMENTO de  OLYMPIO OLINTO de OLIVEIRA nas ARTES do RIO GRANDE do SUL.

https://profciriosimon.blogspot.com.br/2017/06/0-207-estudos-de-arte.html

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10203802210333148&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode