IO REAL, o IMAGINADO e o SIMBÒLICO

12/01/2022 08:23

 

O ABISMO entre o  SIMBÓLICO e o REAL no BRASIL.

 

A falta de conexão possível entre o SIMBÓLICO e a REALIDADE no BRASIL resulta do ABISMO entre o desprezo e o pouco caso que o BRASILEIRO sente pelo seu espaço público, pelo seu pais, pelo seu povo diante da cultura, da civilização e da arte como algo elevado promissor para ele.  

O COLONIALISMO e a SERVIDÃO são determinantes neste desprezo e pouco caso da REALIDADE no BRASIL

O COLONIALISMO e a SERVIDÃO reforçam as concepções, sentimentos e vontades de que ninguém responsável pelo ESPAÇO PÚBLICO além de um hipotético GOVERNO.

Para  o COLONIZADO e o SERVO,  o ESPAÇO PÚBLICO  pertence a outem e no máximo lhe útil para o saque e serve para descarregar as suas frustrações reprimidas pela SERVIDÃO. Por meio desta  SERVIDÃO  o seu corpo e a sua alma não lhe pertencem e assim o BRASILEIRO não tem culpa de nada.

O resultado é que nada significam - para  o COLONIZADO e o SERVO - por mais espetacular que seja a Natureza brasileira, por mais incríveis sejam as suas obras de arte e por mais serviços de acolhimento  existam.

 

O ABISMO entre o  BRASIL SIMBÓLICO e o  REAL.

https://sxpolitics.org/ptbr/foda-se-o-governo-entre-o-real-o-simbolico-e-o-imaginario/10130

 

OREAL, o SIMBÒLICO e o IMAGINADO

https://psicoativo.com/2017/08/real-psicanalise-lacan-real-simbolico-imaginario-1.html

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo/?fbid=1328083517640797&set=a.705103509938804

 

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode