HISTÓRIA: antropomorfismo & individualismo

04/12/2016 06:49

INDIVIDUALISMO  & ANTROPOMORFISMO na HISTÓRIA.

 

A ler certas narrativas - que se pretendem HISTÓRIA -  salta ao olhos o discurso individual e o fato de seu autor embarcar  na certeza subliminar de que a HISTÓRIA COMEÇOU quando o narrador nasceu.

Por esta razão é possível falar de “PRÊMIO EM CIMA DE...” pois, QUEM se promove e ganha visibilidade é AQUELE que CONFERE o PRÊMIO.

O narrador da História está preso  e e refém perpétuo de sua própria mentalidade e repertório. Este repertório e mentalidade saltam ao olhos já no título ou primeira frase da narrativa que se quer histórica. Marc Bloch escreveu (1976, pp. 60/61)[1] que

a investigação histórica admite, desde os primeiros passos, que o inquérito tenha já uma direção. De início está o espírito. Nunca, em ciência alguma, foi fecunda a observação passiva. Supondo, aliás, que seja possível”.

 

ANTROPOMORFISMO na HISTÓRIA

https://o-animal-politico.blogspot.com.br/2015/02/reynard-raposa.html

FACEBOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10202912741896993&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater



[1]              BLOCH, Marc (1886-1944)  . Introdução à História.[3ª ed] Conclusão de Lucian FEBVRE - .Lisboa :Europa- América  1976  179 p.

 

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode