ENTROPIA e ESQUECIMENTO

09/05/2020 08:24

ENTROPIA e ESQUECIMENTO.

 

A MEMÓRIA HUMANA possui um poderoso filtro. O que não faz sentido para ela, é descartado para o ESQUECIMENTO.

Assim a  MEMÓRIA HUMANA participa da força da ENTROPIA GERAL da NATUREZA, Por mais poderoso que seja hoje o Sol, depois de um certo TEMPO, ele enfraquecerá a sua LUZ e sua ENERGIA,

De um lado é benéfico prender-se à MEMÒRIA do PASSADO. Por outro lado, esta mesma  MEMÓRIA do PASSADO, aliena do PALPITAR do PRESENTE,

Marc Bloch entendeu, esta dialética entre PRESENTE e PASSADO,, ao afirmar (1976, p.42).que

É tal a força da solidariedade das épocas que os laços da inteligibilidade entre elas se tecem verdadeiramente nos dois sentidos. A incompreensão do presente nasce fatalmente da ignorância do passado. Mas talvez não seja mais útil esforçar-nos por compreender o passado se nada sabemos do presente .

O que é dado, de fato, à criatura humana é o seu instante presente, que já fugiu ao passado

BLOCH, Marc (1886-1944)  . Introdução à História.[3ª ed] Conclusão de Lucian FEBVRE - .Lisboa :Europa- América  1976  179 p.

 

ENTROPIA e ESQUECIMENTO

https://www.facebook.com/escoladepermacultura.org/photos/a.1425780854364782/1698512840424914/?type=1&theater

 

Imagem

https://www.ecodebate.com.br/2013/03/20/energia-entropia-ecologia-economia/

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=906749523107534&set=a.705103509938804&type=3&theater

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode