ELOGIO e CRÍTICA

05/12/2016 06:53

O ELOGIO é mais TRIÇOEIRO do que a CRÍTICA.

 

Quem cultiva o HÀBITO da INTEGRIDADE MORAL, INTELECTUAL e ESTÈICA,  recebe com mais naturalidade uma CRÍTICA do que um ELOGIO ou um PRÊMIO.

O PRÊMIO é, de maneira geral, destinado a quem de fato o concede. É a famosa fórmula de “PRÊMIO EM CIMA DE...”

Assim o  coitado do PINOQUIO pode acreditar que o seu ENORME NARIZ é ALGO MERITÒRIO.

Quem se arvora ao ATO de ELOGIAR segue para o mesmo caminho do AUTO-ELOGIO e que se aproveitar da fama alheia.

Não se deixa iludir com CRÍTICA, ELOGIO ou  PRÊMIO quem aponta novos caminhos dignos e de quem busca os melhores projetos civilizatórios. Na sua lucidez concorda com Aristóteles que nos Tópicos [Penúltimo aforismo] escreveu[1] que:  

não se deve argumentar com todo mundo, nem praticar argumentação com o homem da rua, pois há gente com quem toda discussão tem por força que degenerar”       

PREMIO em CIMA de...

  BERNHARD, Thomas – O Sobrinho de Wittgenstein – Tradução de José A. Palma Caetano . Rio de Janeiro : Assírio&Alvin, 2.000 ISBN: 972-37-0603-2   

https://profciriosimon.blogspot.com.br/2009/11/premio-em-cima-de-01_30.html

FACEBOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10202918180032943&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode