EDUCAR para ou TRABALHO ou para o ÓCIO

20/04/2018 01:22

¿ EDUCAR para o TRABALHO ou para o ÓCIO ?.

A EDUCAÇÃO em tempos de VALORES LÍQUIDOS e VAPOROSOS necessita repensar a EDUCAÇÂO ESCOLAR. Até para os gregos a ESCOLA era o “LUGAR do ÓCIO”. Eles distinguiam  o “LUGAR do ÓCIO” daquele no qual trabalham os que “NEGAM o ÓCIO” e fazem NEG-ÓCIO”.

 O TRABALHO e o ÓCIO possuem algo em comum: ambos necessitam EDUCAÇÃO para viver plenamente o seu potencial. Sperb escreveu (1979, p. 81) que

“a Educação Para o Trabalho  é um processo que, entre outros, visa ao desenvolvimento e à prática de habilidades. Estas significam. Principalmente, saber aprender, sintetizar, resumir, analisar e expressar. E, muito em especial, saber processar informações. Optar à base de informações é um noção decisiva quando se trata de estabelecer o sentido da Educação Para o Trabalho. A ausência de informações é a barreira maior a tolher a pessoa na escolha de sua carreira profissional e na busca do comando sobre o desenvolvimento de sua própria vida. A existência e o desenvolvimento inteligente de um Programa de Educação Para o Trabalho podem significar para o educando um penhor de sucesso em toda a sua vida.”

Num mundo impregnado ainda dos paradigmas e dogmas  de ERA INDUSTRIAL a EDUCAÇÂO o ÓCIO, se não é um TABU, é algo impensável e muito menos colocado em prática,

Os mestres que poderiam dar uma contribuição  para EDUCAÇÃO para o ÓCIO não  permanecem no seu posto como já constava COMENIOS (2001, pp 41, 42)  

"28. E, de mestres, poucos são aqueles que sabem instilar bem no ânimo da juventude coisas boas; e se aparece um, logo qualquer sátrapa o chama para prestar os seus serviços em privado, em proveito dos seus, mas o povo não pode dar-se a este luxo. Por isso tudo se torna selvagem e vai de mal a pior” 

O que é certo é que a SELVAGERIA invadiu a EDUCAÇÃO para o ÓCIO. TEMPO de ÓCIO que se transforma em OFICINA do DIABO e de  CORRUPÇÃO ATIVA enquanto não houver uma correta  EDUCAÇÃO para o ÓCIO.

COMENIUS Johannis  Amós (1592-1670) Didática Magna (1621-1657 Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2001, pp. 41-42.

SPERB, Dalila Clementina (1915-2005) Educação para o trabalho – Dalila C. Sperb, Mary Jenet Penrod – Porto Alegre: Globo, 1979, 85 pp.

 

https://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/didaticamagna.pdf

O ÓCIO e a ÈPOCA PÓS INDUSTRIAL

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/suplementos/viva/educacao-para-o-ocio-e-educar-tambem-para-a-vida-1.553661

 

https://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2011/05/autor-de-ocio-criativo-defende-amor-e-beleza-na-formacao-do-aluno.html

https://noite.wordpress.com/2013/10/25/think-o-ocio-e-precioso-domenico-de-masi/

 

Imagem: ÓCIO e NEG-ÓCIO

https://pluralesingulares.wordpress.com/tag/o-ocio-na-grecia-antiga/

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10205004934280495&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode