Daniel VILLA AGUIRRE em PORTO ALEGRE

14/08/2020 09:34

Daniel VILLA AGUIRRE em PORTO ALEGRE  

 

Os estudantes convênio. com as universidades latino americanos, trouxeram uma salutar atualização da pesquisa estética par a UFRGS e para o seu INSTITUTO de ARTES. Entre eles encontrava-se Daniel VILLA AGUIRRE da UNIVERSIDADE  do PANAMÁ

 Daniel trazia profundas experiências estéticas da rica e variada cultura das culturas pré-colombianas misturadas com os aportes afro colônias do PANAMÁ. Como pais geográfico e populacional relativamente pequeno necessita da ARTE e da CULTURA para afirmar a sua IDENTIDADE e SOBERANIA NACIONAL.

Instalado em Porto Alegre e matriculado no INSTITUTO de ARTES da UFRGS, Daniel VILLA AGUIRRE passou para PESQUISA ESTÉTICA  num atelier da ARTES VISUAIS montado numa república de estudantes no qual cumpriam as tarefas escolares do INSTITUTO subsidiados e orientados pelo seu rico patrimônio de sua pátria de origem para onde deveriam retornar após a sua formatura. Este atelier das ARTES VISUAIS, montado numa república de estudantes, não era uma reprodução passiva ao lado acadêmico e da tradição panamenha dos “diablitos”,, mas um laboratório aberto a outros estudantes locais. Suas pesquisas eram levadas para lugares públicos e com repercussões entre os outros estudantes do Instituto de Artes da UFRGS

Neste retorno   Daniel Villa Aguirre assumiu as funções do magistério no PANAMÀ no contexto institucional da ARTE e da CULTURA para afirmar a sua IDENTIDADE e a SOBERANIA ESTTICA de SUA NAÇÂO.

Na concepção de SIMMEL o papel da presença do estrangeiro, numa outra cultura, é o de se constituir em juiz neutral. O lucro, deste juiz, é praticar uma robusta e sadia RUPTURA EPISTÊMICA e ESTÉTICA diante de algo diferente e novo da sua própria repertório de origem. Ambas as partes saem lucrando. Diante da grande soma de estrangeiros Porto Alegre é testemunha desta dialética estética. Um desses estrangeiros foi Daniel Villa Aguirre. Em PORTO ALEGRE ele deixou a memória dos  seus “diablitos”, a afeição dos seus colegas e estudantes locais do INSTITUTO de ARTES da UFRGS espalhados atualmente no RIO GRANDE do SUL e BRASIL. Ele levou para a sua pátria - não um patrimônio de práticas, de obras e de técnicas que lhe eram desconhecidas -  mas uma SÓLIDA FORMAÇÃO UNIVERSITÁRIA. FORMAÇÃO que ele está repartindo generosamente na sua cultura de origem. Conforme Max WEBER a ÚNICA COISA que a UNIVERSIDADE pode ensinar é o HÁBITO cultivo da INTEGRIDADE INTELECTUAL, ESTÉTICA e MORAL,

 

SIMMEL, Georg (1958-1918) Sociología y estudios sobre las formas de socialización. Madrid:    Alianza. 1986,  817.  2v.

 

WEBER, Max (1864-1920). Sobre a universidade. São Paulo : Cortez, 1989.  152 p.

 

Estudantes convênio com as universidades latino americanos

https://www.dce.mre.gov.br/PEC/G/historico/cronologia.php

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode