CESSE TUDO que a MUSA ANTIGA CANTA

27/02/2022 08:00

27 de fevereiro de 2022

  “CESSE TUDO QUE  MUSA ANTIGA CANTA”.

 

É necessário estar atenta ao NOVO, ao INÉDITO e à CRIATIVIDADE VIVA. Pretende-se como CRIATIVIDADE VIVA  a ARTE que está em QUEM PRODUZ.

Certamente o PASSADO é um retrovisor  disponível de tudo que a humanidade já produziu e acrescentou de melhor do que já passou e que não volta mais.

O futuro é parcialmente mensurável por meio de um PROJETO do novo e que não teve ainda ocasião para se materializar numa OBRA digna deste nome.

Assim qualquer RUPTURA com o PASSADO SUPÕE um sólido PROJETO capaz de motivar todas as energias disponíveis para QUEM PRODUZ.

 Certamente a MUSA ANTIGA sustenta e traduz o seu TEMPO, LUGAR e SICIEDADE que produziram as fontes nas quais o poeta bebeu a sua criatividade e expressou estes valores do PASSADO único e necessário. A NOVA ARTE está atenta aos Lusíadas de Camões

“Cesse tudo o que a Musa antiga canta,
Que outro valor mais alto se alevanta”

Os ponteiros do relógio correm, as terras  e clima são outros e as motivações do povo necessitam de outra MUSA para CONFERIR FORMA e VALOR  COERENTES com a VIDA que PULSA no PRESENTE da época PÓS INDUSTRIAL assaltada pela COVID-19.

 

“Que outro valor mais alto se alevanta” depois da COVID-19

https://www.4oito.com.br/blog/archimedes-naspolini-filho/post/os-versos-de-camoes-e-o-coronavirus-5988

 

Imagem MUNDO PÒS PANDEMIA

https://www.folhape.com.br/noticias/como-sera-a-vida-depois-da-pandemia/141516/

Face book

https://www.facebook.com/photo/?fbid=1357551738027308&set=a.705103509938804

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode