CALIBÃ o FILHO da BRUXA

03/09/2021 08:15

 

 CALIBÃ o FILHO da BRUXA

 

William SHAKESPEARE foi um dos mestres mundiais da linguagem humana,  O seu personagem CALIBÃ, da obra a Tempestade não tem tempo para longos e fastidiosos DISCURSOS recheados de PALAVRAS DESCONHECIDAS.

 Filho de uma bruxa e negro, CALIBÃ aprendeu um REPERTORIO de 2.000 vocábulos da linguagem dos seus dominadores para insulta-los. Usa a LINGUAGEM para representar para si o mundo iníquo da ESCRAVIDÃO COLONIAL  na qual ele vive condenado e onde é mera “PEÇA” comercial e patrimonial.

O ato de se ESCONDER  atrás das PALAVRAS mal dominados por ELE passa pela RESSIGNIFICAÇÃO destes vocábulos o que provoca a revolta de CALIBÃ contra este mundo iníquo .

Os DISCURSOS de CALIBÃ possuem sentidos completamente diferentes e opostos aos longos e fastidiosos DISCURSOS - recheados de PALAVRAS DESCONHECIDAS  do seu proprietário,

Por mais elevados que sejam os CARGOS e FUNÇÕES que CALIBÃ receba, ele continuará os DISCURSOS como LARANJA e MARIONETE dos PROPRIETÁRIOS  dos PARTIDOS no seu repertório  de “PEÇA” comercial e patrimonial dos seus donos.

 

SHAKESPEARE -  A TEMPESTADE e  CALIBÃ.

https://www.observatoriodaimprensa.com.br/equidade-racial/a-vez-e-a-voz-de-caliba/

 

CALIBÂ o FILHO da  BRUXA

https://obenedito.com.br/caliba-e-bruxa/

+

https://www.greelane.com/pt/humanidades/literatura/caliban-in-the-tempest-2985275/

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo/?fbid=1241384346310715&set=a.705103509938804

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode