ARTE e MEDICINA

01/11/2020 05:21

aRTE como uma CARÍCIA para a MEMTE HUMANA.

 

 As CIVILIZAÇÕES guardam as suas OBRAS de ARTE como o melhor do que a NATUREZA HUMANA conseguiu produzir. Esta escolha da OBRA de ARTE inicia pelo indivíduo que seleciona, hierarquiza e coloca no rol do seu patrimônio pessoal. Patrimônio do melhor do que a NATUREZA HUMANA conseguiu produzir.  

Neste patrimônio pessoal Pierre LEMARQUIS e Boris CYRULNIK iniciam com o desafio J.M.G Le CLÉZIO no seu livro “A ARTE que CURA”  que

Um dia talvez saberemos que não há arte, mas somente medicina”.

Depois prosseguem argumentando que “o registro da OMS, do dia 11 de novembro de 2019, confirma esta intuição e afirma  que a arte pode ser benéfica para a saúde, tanto física como mental. Os filósofos foram os primeiros a pressentir o impacto do belo e da arte  no curso  de nossa existência, sobreo nosso humor, nosso estado de espírito e nossa saúde, suas teses são entrementes confirmadas pela neurociência que nos revela como o nosso cérebro, e de lá, para o nosso corpo entram em ressonância com a criação artística sob todas as  suas formas. Hoje sabemos como com o arte esculpe e acaricia nosso cérebro e coloca como indispensável em nossa vida. Tutor da resiliência, ele alarga a nossa visão do mundo e nos metamorfoseia no processo de cura, com ares de renascimento. Pierre LAMARQUIS, acompanhado de Boris CYRULNIK  que prefacia es este ensaio nos convida a visitar  uma exposição imaginária  com o objetivo de repartir a sua experiência de  arte que cura desde a pré-história aos nosso dias. Desde as primeiras obras de Lascaux ao Renascimento, da ‘Origem do Mundo’ até Matisse e Picasso deixando-nos invadir  pelas obras primas e cuidadas por Miguel Ângelo, Jerônimos Bosch, Albrecht Dürer, Gustavo Courbet, Fida Kahlo, Antoni Taoies e muitos outros.  Vamos cruzar com alguns índios Navajos,  alguns loucos geniais, iremos mergulhar em estranhos retábulos e outros palácios misteriosos, nos reaqueceremos no coração da Capela Sistina e retornaremos para vida regenerados e transformados”

 De toda esta argumentação se depreende que AARTE é a MEDICINA da MENTE e do CORPO

 

LAMARQUIS, Pierre et a Boris L’Art qui guérit Paris: Hachette 2020, 192 p. phttps://www.editions-hazan.fr/livre/lart-qui-guerit-9782754111119

 

 

A ARTE que ACARICIA O CÉREBRO 

https://www.lemonde.fr/culture/article/2020/10/22/quand-la-science-prouve-que-l-art-fait-du-bien_6056952_3246.html

 

Imagem Henri-Emile Benoit MATISSE (1869-1954) - A Dança 2ª versão

FACE BOOK
https://www.facebook.com/photo?fbid=1040199299762555&set=a.705103509938804

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode