A VOZ e a VEZ dos NATIVOS

21/05/2020 06:10

A VOZ e a VEZ dos NATIVOS.

 

Uma questão política que atravessou os TRÊS SÉCULOS do REGIME COLONIAL BRASILEIRO foi que todos os POSTOS de COMANDO, os NÚCLEOS de PODER CIVIL, MILITAR, JURÍDICO e ECLESIÁSTICO tinham de serem exercidos por REINÓIS PORTUGUESES natos.

No centro de todas as revoltas do reino estava a QUESTÂO da reivindicação da VOZ e da VEZ dos NATIVOS para os postos de comando do BRASIL. Para PIRTUGAL isto era algo impensável.  O exercício do PODER CENTRAL - por REINÓIS natos PORTUGUESES _ arrastou-se até a década de 1970 nas questões colônias da AFRICA e da ÁSIA.

Estes TRÊS SÉCULOS do REGIME COLONIAL BRASILEIRO criaram uma cultura de INÉRCIA, de FALTA de CRIATIVIDADE e um MEDO GENERALIZADO e SUBLIMINAR.

Este MEDO GENERALIZADO e SUBLIMINAR era mantido e cultivado com severíssimas penas e que terminam, muitas vezes, na PENA CAPITAL APLICADA OSTENSIVAMENTE e com a MAIOR CRUELDADE POSSIVEL. Um exemplo atroz deu-se em 1817 na execução de JOSÉ PEREGRINO um jovem paraibano de 19 anos acusado de crime de “LESA MAJESTADE”.

Os REINÓIS natos PORTUGUESES, para abafar este exercício brutal do PODER, promoviam FESTAS POPULARES. Nunca houve no BRASIL tanta POMPA CIRCUNSTÂNCIA como nos TRÊS SÉCULOS do REGIME COLONIAL BRASILEIRO. Estas FESTAS POPULARES ALIENANTES continuam a se manifestar no CARNAVAL, no FUTEBOL e nos DESFILES de APOIADORES dos REGIMES MONOCRÁTICOS, ARBITRÁRIOS e FORA da LEI e da ORDEM

 

REVOLUÇÂO de PERNAMBUCO de 1817

https://naofoinogrito.blogspot.com/2017/05/155-nao-foi-no-grito.html

 

+EXERCÍCIO da  VIOLÊNCIA do PODER COLONIAL

https://naofoinogrito.blogspot.com/2017/09/156-nao-foi-no-grito.html

 

Imagem Execução de JOSÉ PEREGRINO

https://pt.wikipedia.org/wiki/José_Peregrino

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo/?fbid=915168462265640&set=a.705103509938804

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode