A ARTE e o PODER

02/12/2016 07:38

 ARTE como PODER.

A corrupção da arte se materializa pelo acúmulo de obras nas mãos dos ESTADOS NACIONAIS e dos seus privilegiados.

O RICO ACUMULA obras de Arte para demonstrar o seu prestigio, poder e superioridade. Os ESTADOS NACIONAIS, nas mãos dos privilegiados,  imitam os ricos para evidenciar a sua  superioridade, poder e o seu prestigio. Esta corrupção já era visível nas casas dos ricos do Império Romano e que  SÊNECA fustigava na sua  “Da tranquilidade do ânimo”, p. 08[1]6

Constrange-me o ânimo quando vejo a aparência de alguns destes pedagogos, esses escravos vestidos com o maior capricho e com mais ouro do que em dia de procissão, este exército resplandecente de servos  em  casas nas quais se pisam sobre precisas alfombras, nas quais a riqueza está por todas as partes, os tetos são refulgentes e onde sempre existe esta multidão que acompanham os patrimônios que que se dissipam

Esta ostentação, dissipação e forma de exibir sua aparente superioridade é o instrumento com o qual os  ESTADOS NACIONAIS esmagam, desqualificam e corrompem os seus cidadãos demonstrar  quão insignificantes, dependentes e mesquinhos são.

Imagem do filme: “AGRIPINA: MEU FILHO NERO”

https://www.rai.it/dl/RaiTV/programmi/media/ContentItem-2f66b06b-7c78-45dd-a119-1970cb0c7668.html

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por Webnode