TRINCHEIRAS e BARRICADAS contra o ARBÍTRIO.

09/01/2014 07:43

 

O PODER ORIGINÁRIO gastou as suas melhores horas e energias cavando trincheiras e erguendo barricadas contra o arbítrio. Sucessivas e renovadas ondas e levas de ignorância avançam sobre o Brasil e o Rio Grande do Sul. Estas ondas e levas bloqueiam,  aniquilam e nelas perece qualquer progresso  se não forem repelidas em tempo. Isto não era possível no regime colonial quando as fortalezas impediam o acesso físico a qualquer fonte de informação e interna e externa. Este bloqueio físico era reforçado mentalmente e cimentado pela forte e intransponível avalanche comandada pela MESA da CONSCIÊNCIA. Os Inconfidentes Mineiros não tiveram tempo e  nem  lugar para cavar as suas trincheiras e erguer barricadas. Os caciques e barões mantinham o trono imperial e jogavam suas levas de ignorância por cima das sucessivas trincheiras cavadas pelos Uruguaios, Cabanos, Farrapos e dos Paraguaios. Os coronéis alimentavam estas levas de ignorância por meio dos seus latifúndios republicanos. A Revolta da Armada, os Canudos, do Contestado, as Revoluções de 1923, de 1930, de 1932 e o Estado Novo são outras tantas e sucessivas trincheiras nas quais o PODER ORIGINÁRIO é vencido pelas levas de ignorância e cai prostrado de joelhos diante das ideias curtas, descabidas e absurdas das elites tacanhas. A  culminância das trincheiras da ignorância foi o Golpe de  1964 no qual perseguidores e as suas vítimas nada lucraram a não  ser infâmia, desespero e alienação, 

 

As TRINCHEIRAS das FORTALEZAS COLONIAIS

http://naofoinogrito.blogspot.com.br/2012/09/nao-foi-no-grito-047.html

 

FORTALEZA de VILLEGAGNON

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fortaleza_de_S%C3%A3o_Francisco_Xavier_da_Ilha_de_Villegagnon

 

A REVOLTA da ARMADA

http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolta_da_Armada

 

A GUERRA de CANUDOS

http://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_de_Canudos

 

A GUERRA do CONTESTADO

http://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_do_Contestado

 

REVOLUÇÃO de 1923

http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_de_1923

 

REVOLUÇÃO CONSTITUCIONALISTA

http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_Constitucionalista_de_1932

 

A BARRICADA da EDUCAÇÃO: entrevista com Rubem Alves

http://novo.itaucultural.org.br/canal-video/rubem-alves-jogo-de-ideias-parte-1/

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode