SAUDADES do CAMPO.

20/02/2014 07:24

SAUDADES do CAMPO.

Uma imagem está no lugar de algo que não existe mais. No 4° Distrito de Porto Alegre não existem mais os campos nativos da Várzea do Rio Gravataí, desapareceram as suas matas, a agricultura das chácaras deixaram de produzir e, com a sua erradicação sumiu a sua vida pastoril e agrícola. Desaparecimentos e mudanças que expressam o que aconteceu no restante do Rio Grande do Sul, do Brasil e na maioria dos países industrializados.

Permaneceu a saudade do campo nas mentes e corações. Este sentimento telúrico coletivo  materializou-se, em 1954, na estátua do Laçador do 4° Distrito de Porto Alegre. O Sitio do Laçador rememora o rincão nativo e a retomada deste sentimento coletivo. Sentimento de pertencimento ao movimento que reagiu e se voltou contra Estado Novo no seu projeto totalitário, voluntário e centralista. Projeto que queimou as bandeiras dos Estados regionais e proibiu os seus hinos.

 

O SÍTIO do LAÇADOR

http://cmcpoa.blogspot.com.br/2011/02/sitio-do-lacador.html

 

A ESTÁTUA do LAÇADOR

http://pt.wikipedia.org/wiki/Est%C3%A1tua_do_La%C3%A7ador

 

ANTÔNIO CARINGI (1905-1981) AUTOR da ESTÁTUA

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ant%C3%B4nio_Caringi

 

O MODELO da ESTÁTUA ANTÔNIO CARINGI

http://jcrs.uol.com.br/site/especial.php?codn=44890

 

O LAÇADOR SÍMBOLO GAÚCHO

http://aqueleslugarzinhos.blogspot.com.br/2011/08/o-lacador-simbolo-gaucho.html

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode