PROJETO & AVALIAÇÂO

13/03/2015 06:42

PROJETO e COERÊNCIA na AVALIAÇÂO.

Um método toma posição desde a sua primeira palavra” Barthes, (1967, p. 7)[1]. Este caminho contrapõe-se ao ecletismo que Mário de Andrade caracterizou [1955, fl. 13] como “acomodatício e máscara de todas as covardias”.

 Aparentemente todos gostam do ecletismo, do insólito e daquilo que é possível em belos cenários pintados pela retórica deslumbrante e apenas imaginados pelo capricho humano.

Contudo estes caprichos efêmeros não possuem o menor compromisso com o  AQUI e o AGORA. Esta efemeridade justifica a plena contradição no instante seguinte.

A grande vantagem de um método - que se engaja desde o início e em todo seu percurso – é a possibilidade de refazer o caminho e realizar avaliações a qualquer momento e correções de equívocos do percurso.

O ecletismo é terreno do temerário e do caos que acaba fazendo círculos ao redor de si mesmo e dos objetos pouco precisos e sem jamais encontrá-los se é que existem.

Impossível avaliar aquilo que não possui um projeto inicial e razão de ser  de um contrato consigo mesmo e com os outros.

 

ANDRADE, Mário. Curso de Filosofia e História da Arte. São Paulo : Centro    

        de Estudos  Folclóricos, 1955. 119 f.

 

BARTHES Roland( 1915-1980) Système de la Mode. Paris Editions du Seul, 1967, 327 p

 

COERÊNCIA em PROJETOS PÚBLICOS

http://arcoweb.com.br/projetodesign/arquitetura/concurso-publicos-praia-concursos-busca-lugar-sol



 

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode