Paradigma concorrente:

21/02/2013 13:26

 Conforme Kuhn, (1997: 137) “as diferenças entre paradigmas sucessivos são ao mesmo tempo necessárias e irreconciliáveis”. A partir do sentido da realidade concreta constroem o uma memória coletiva própria para o uso de um grupo interno e que Ruben Oliven destacou (1992: 20) que “a memória coletiva está ligada a um grupo relativamente restrito e portador de uma tradição, aproximando-se do mito e manifestando-se através da ritualização dessa memória”. Para tanto manipularam e construíram factoides em versões interesseiras que ocultavam e fizeram circular, apenas, as informações que lhes eram favoráveis. Este grupo relativamente restrito vale-se de paradigmas concorrentes que conforme Kuhn, (1997: 137 e 184) “lutam pela adesão da comunidade científica. As diferenças são necessárias e irreconciliáveis”. O senso comum do termo ócio da realidade concreta, confronta-se com o paradigma concorrente forjado pela abstração atende pelo chamativo nome de ócio forjado pela indústria cultural. A concepção escapista do ócio é obra do Iluminismo e da era industrial. No seu âmbito surgiu a concepção do tempo e do espaço abstratos, nos quais o tempo (relógio) e o espaço (metro), não obedecem mais as medidas humanas (pé, polegada..). A luz e as máquinas aboliram o ritmo do tempo de repouso e de trabalhos humanos.: dois paradigmas que lutam pela adesão da comunidade científica. As diferenças são necessárias e irreconciliáveis. Kuhn (1997: 137 e 184) “Na ciência, a situação de teste não consiste nunca em simplesmente comparar um único paradigma com a natureza. Ao invés disso, o teste representa parte da competição entre dois paradigmas rivais que lutam pela adesão da comunidade científica”.

 

O PODER ORIGINÁRIO: veja o texto completo em

http://prof-cirio-simon.webnode.com/blog/

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode