O MAPA como UNIDADE NACIONAL.

22/06/2014 08:26

22.06.2014

O MAPA como UNIDADE NACIONAL.

O Brasil ainda possui como marco de sua unidade o seu mapa físico. Isto constitui  índice de que a sua identidade depende da Natureza primitiva. No interior de suas fronteiras geográficas arma-se, de fato, um quebra cabeças de memórias coletivas. São montanhas de memórias coletivas pontuais que vão buscar identidades, motivações e projetos em acontecimentos distantes de um passado alheio e em todos os quadrantes do planeta. Muito mais do que qualquer pacto político este multifacetado passado planetário sustenta o presente da identidade brasileira. Há um imenso cuidado para não criar ou forçar uma omelete eclética como já tentaram uma serie de regimes idiotas. Só conseguiram reduzir, empobrecer e emburricar uma identidade em pleno crescimento no interior  marco de sua unidade do seu mapa físico.

Para gerar algo autêntico e coerente é necessário muito trabalho e atenção para compreensão das numerosas identidades que compõe o PODER ORIGINÁRIO brasileiro. Algo ainda indecifrável e que tenha capacidade de se articular, crescer e reproduzir.  Articular, crescer e reproduzir graças á forças físicas, morais, estéticas e intelectuais que circulam entre montanhas de memórias coletivas pontuais e contraditórias.

[Escola de Artes da UFMG  VENUS de MILO no gramado e URUBU em cima do telhado]

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode