O GRITO e a FALTA de RAZÃO.

31/12/2013 07:52

 

O GRITO é indispensável para o bebê sobreviver e ser notado. Como tal ele é a primeira expressão humana.  Além desta etapa a sua emissão  expressa as buscas humanas da onipresença e da eternidade e é índice de sua onipotência e de uma onisciência disfarçadas. Aristóteles - depois de esgotar toda a sua argumentação-  conclui a sua obra sobre a retórica afirmando quenão se deve argumentar com todo mundo, nem praticar argumentação com o homem da rua, pois há gente com quem toda discussão tem por força que degenerar”        Aristóteles –Tópicos – [Penúltimo aforismo][1].

http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cv000069.pdf

 

O GRITO e a FALTA de RAZÂO

http://politicasemrodeios.blogspot.com.br/2011/06/grito-o-argumento-de-quem-nao-tem.html

 

O GRITO e a sua FUNÇÃO ORGÂNICA

http://super.abril.com.br/saude/cordas-vocais-como-homem-fala-439581.shtml

 

O GRITO em ÉPOCA se GRANDES MUDANÇAS CULTURAIS

http://naofoinogrito.blogspot.com.br/2013/09/nao-foi-no-grito-081.html

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode