O FOLCLORE AUTÊNTICO e a UNESCO.

22/08/2013 07:38

 

O FOLCLORE, na medida em que é plástico, corre o risco de cair nas mãos de atravessadores, mediadores e tituladores de cargos públicos e particulares que o reinventam ao sabor de caprichos, de mal-entendidos e até mal intencionados.

 A UNESCO percebeu, após a II Guerra Mundial, o profundo uso maldoso que as potências do Eixo haviam buscado nas tradições populares e  usado para sustentar os seus regimes totalitários.  É um traço comum aos regimes totalitários usarem, comoverem e fazer aderir o povo - sobre qual querem estender o seu poder - infiltrando-se e valendo-se dos seus valores e da história desta população, lançando mão do próprio repertório deste povo para se sustentar e  se reproduzir. A UNESCO e a UNO, sabendo do potencial, usado maliciosamente com arma de guerra, procurou que as manifestações culturais fossem cultivadas fora do alcance de ideologias, de políticas e de interesses econômicos estranhos ao PODER ORIGINÁRIO que as criou,  as cultiva e lhes confere autenticidade como Arte Ínsita. Cada qual vai colher, cultivar e socializar o que lhe interessa no imenso e imponderável espaço do poder da Arte Ínsita. Importa quem colhe, como organiza e para que usa esta potência  ainda muito próxima da Natureza e sem condições de se defender por si mesma.

 

CULTURA POPULAR e a TESE de JOSEPH GOEBBELS

http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/369/9/16217_Tese_09_CorpoPrincipal_v16.pdf 

 

INTRIGAS INTERNAS no TRADICIONALISMO

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/reporter-farroupilha/platb/2013/08/13/diretor-do-igtf-e-afastado-da-comissao-dos-festejos/

 

FOLCLORE e UNESCO

http://pt.wikipedia.org/wiki/Folclore

 

CANÇÕES do FOLCLORE RUSSO

https://www.youtube.com/watch?v=rXc4AXAm7l0

https://www.youtube.com/watch?v=mh89Dsm_4Dk

https://www.youtube.com/watch?v=v4emayyuXkI

 

 

LUIS ROBERTO VILHENA (1963-1997) e o FOLCLORE no BRASIL

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-93131998000100015

 

A data deve-se ao fato de que  no dia 22 de agosto de 1846 o britânico William John Thoms (1803-1885) apresentou, para  a Academia de Ciências de Londres, um estudo com título “Folk-lore”, que ele queria com ‘o conhecimento vindo povo’. A data de 22 de agosto foi adotada, como Dia do Folclore, no Brasil, pelo governo federal em 1965, um ano após o golpe de 1964.

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode