O ARTISTA como PRÍNCIPE e NOBRE

10/10/2017 01:05

O ARTISTA como PRINCIPE e NOBRE. 

O artista é um PRÌNCIPE e um NOBRE. PRÍNCIPE na MEDIDA e na FORMA como esta CRIATURA HUMANA PRINCIPIA COISAS NOVAS. É NOBRE na MEDIDA em que  ARTISTA  ENOBRECE com as suas OBRAS a espécie humana. OBRAS INÚTEIS,  pois  um retrato, uma ópera ou uma peça teatral estão muito acima e distantes  das NECESSIDADES BÁSICAS HUMANAS  . No entanto, estas  OBRAS INÚTEIS,  constituem-se em INDICES MATERIAS de que as NECESSIDADES BÁSICAS HUMANAS estão satisfeitas no momento da criação destas OBRAS de ARTE.  Ou então, estas NECESSIDADES BÁSICAS HUMANAS foram sublimadas. SUBLIMAÇÃO com a qual um grande número de SERES HUMANOS se ORGULHA e as preserva como valores significativos.

Estes VALORES, das OBRAS de ARTES, tornam-se tanto mais NOBRES, ÙNICOS e ELEVADOS  na medida em que se admitir a ORIGEM da ESPECIE HUAMANA. Darwin anotava esta origem, em 1856, "quem compreender o macaco fará mais pela metafísica do que Locke

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1995/7/16/dinheiro/14.html

 

Imagem SHAKESPEARE e MACHADO de ASSIS

http://blogs.oglobo.globo.com/prosa/post/shakespeare-encontra-machado-de-assis-534591.html

 

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10204272475329479&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode