MESA da CONSCIÊNCIA

12/02/2015 08:25

A MESA da CONSCIÊNCIA e o MEDO COLONIAL e SERVIL .  

 

 A pergunta - MAI PAURA? (-DE QUE VOCÊ TEM MEDO?) ganha pleno sentido no âmbito da escravidão e do colonialismo.

Diante da MESA da CONSCIÊNCIA ou do TRIBUNAL da INQUISIÇÂO este medo ganhava forma, corpo.

A MESA da CONSCIÊNCIA levava a todos a OBEDECER SEM QUESTIONAR, DELIBERAR ou DECIDIR algo diferente do que o FEITOR deliberava ou decidia.

O feitor, a mesa da consciência e o tribunal manejam com habilidade a CULPA e o PERDÃO a tal ponto que a inteligência, a vontade e os sentimentos não tinham outra opção do que a ANUÊNCIA para a suA heteronomia FORÇADA.

Se de um lado esta anuência não tinha a menor sanção moral o tribunal a mesa da consciência e feitor praticava com habilidade a recomendação do HOBBES e de MAQUIAVEL que a pessoa só obedece quando ela pode “GANHAR ou PERDER ALGO”.

Maquiavel, La Boetie, Hobbes, Foucault, Furtado e Faoro trabalharam a partir desta permanência da MEMÓRIA SUBLIMINAER do MEDO HUMANO diante do PODER do OUTRO e os seus efeitos devastadores na política, na cultura e na economia.

MESA da CONSCIÊNCIA

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mesa_da_Consciência_e_Ordens

http://naofoinogrito.blogspot.com.br/2011/11/nao-foi-no-grito-020.html

 

OS DONOS de PODER Raimundo FAORO

http://copyfight.me/Acervo/livros/FAORO,%20Raymundo%20-%20Os%20Donos%20do%20Poder..pdf

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode