MECANISMOS de CONTROLE e de PATRULHAMENTO

30/11/2013 07:18

 

O PODER, uma vez instalado, a primeira coisa que faz é deixar os seus próprios ovos como forma de garantir a sua REPRODUÇÃO por tempo indeterminado. Os ovos do GOLPE de 1964 já eclodiram silenciosamente e as suas larvas estão na quarta ou quinta geração na quase totalidade das instituições brasileiras. Controlam silenciosa e sorrateiramente os mecanismos que os poderiam eliminar. Num patrulhamento atento alarmam anonimamente toda  a estrutura das instituições brasileiras para agir no seu nome e acabar com quem os quer exterminar.

De um lado não há novidade alguma, pois os hábitos coloniais - reforçados pela escravidão ativa ou passiva - explicam perfeitamente estes mecanismos de controle e de patrulhamento de quem ocupa ou assaltou sorrateiramente os cargos do poder real aqui no Brasil. Restam os prejuízos materiais e imateriais que geram ao longo do tempo. Prejuízos cujas causas são a sonolência na sua não percepção em tempo hábil. Em nível brasileiro, em 2013, a apatia, o torpor e a inanição do agir do PODER ORIGINÁRIO desclassificado e anestesiado por  mecanismos de controle e de patrulhamento.

 

A CONSTRUÇÃO dos MECANISMOS de CONTROLE e de PATRULHAMENTO

http://www.ocomuneiro.com/nr06_10_franciscacabral.html

 

A ESCRAVIDÃO e os MECANISMOS de CONTROLE e de PATRULHAMENTO

http://cienciahoje.uol.com.br/blogues/bussola/2013/11/mapa-da-escravidao

 

ARMADILHAS VERBAIS e JURÍDICAS nos MECANISMOS de CONTROLE e de PATRULHAMENTO

http://reporterbrasil.org.br/2013/10/alem-de-grilhoes-e-chicotes-uma-analise-historica-da-definicao-de-escravidao-contemporanea/

http://reporterbrasil.org.br/  

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode