MAGISTERIO um SUICIDIO ECONÔMICO.

14/10/2013 07:34

 

A opção pelo magistério constitui uma ameaça constante de redundar, de fato, em suicídio econômico numa cultura pragmática, oportunista e monetarista. Se esta opção for para as classes iniciais da formação humana básica esta ameaça torna-se mais presente e efetiva. Ser alfabetizador não é só um tabu para chefe de uma família, mas implica em renúncias e coerções práticas insustentáveis.

 

A administração escolar, os cargos de chefia são bem mais atrativos para alguém interessado no magistério na  época e condições atuais. Cargos que, além de não exigirem experiências objetivas em sala de aula, ensejam uma ascensão econômica e política para níveis próximos da media social.

 

O sistema se mantém pois mediadores, os atravessadores e os tuteladores acrescentam brilho ideológico falso. Para manter este brilho falso lançam luzes coloridas do seu marketing e propaganda sobre o que fato constitui os negócios pessoais melhores daqueles que optam pelo chão e pelo tempo da sala de aula.

 

Mediadores, atravessadores e tuteladores que não poupam na promoção de eventos, de congressos e discursos nos quais buscam manter as luzes coloridas do seu marketing e propaganda. Contudo com estes eventos, congressos e discursos esvaziam cada vez mais a sala de aula, tornando-a desinteressante, com estudantes cada vez mais rebeldes com a sua situação de seu próprio abandono e de quem lhes está próximo.

 

 

SINTO VERGONHA de MIM

http://www.antoniocavalcantefilho.blogspot.com.br/

 

NOVA GERAÇÂO DESINTERESSADA pelo MAGISTERIO

http://www.geledes.org.br/areas-de-atuacao/educacao/noticias-de-educacao/18643-usp-mostra-desinteresse-de-alunos-em-seguir-o-magisterio

 

O MAGISTERIO:  AREA FEMININA

http://www.pucrs.br/edipucrs/educacaoeetica.pdf

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode