LOCATELLI - Negrinho dos Pastoreio - Palácio Piratini - Porto Alegre -RS

17/12/2013 10:12

O HÁBITO ENDÊMICO da ESCRAVIDÃO

LOCATELLI ,Aldo. Cenas do Negrinho dos Pastoreio -Palácio Piratini Porto Alegre-
http://profciriosimon.blogspot.com.br/2010/07/arte-em-porto-alegre-0603.htm

No Brasil a escravidão NATURAL continua como um fenômeno subliminar em plena vigência.  Ela continua a alimentar o inconsciente coletivo  do brasileiro  desde a sua descoberta europeia e apesar do formalismo  LEGAL de 1888. Esta escravidão NATURAL endógena cega os olhos, amordaça a língua e ensurdece os ouvidos de quem nasceu, viveu e circulou neste meio cultural. Qualquer forma de escravidão retira toda sanção moral e legal de escravo e torna preguiçoso, onipotente e confiado quem se alimenta do trabalho alheio. Ele só é estranho ao olhar, aos ouvidos e a boca de um estrangeiro não pode aceitar  a escravidão como NATURAL. No Rio Grande do Sul os franceses Auguste Saint Hilaire (1779-1853), Nicolas Dreys (1788-1843) ou Arsène Isabelle (1807-1888) percebem, registraram e divulgaram ao  mundo esta anomalia congênita á cultura brasileira. Porém entrou na lista de tantos hábitos funestos como as touradas para os espanhóis,  a caça  às baleias pelos japoneses e de todos os saprófitos que se  alimentam da desgraça alheia.


SAPRÓFITOS
http://pt.wikipedia.org/wiki/Saprotrofia

DOENÇAS e ESCRAVIDÂO
http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?pid=S0009-67252003000100024&script=sci_arttext

JUSTIÇA inacessível para a  POBREZA
http://companhiadanoticia.com.br/justica-distante-inacessivel-atentatorio-direitos-cidadao-nao-contribui-luta-pobreza/

BRASIL RACISTA e CLASSISTA
http://www.viomundo.com.br/denuncias/negros-e-pobres-ainda-sao-tratados-como-inimigo-interno.html

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode