L. I. M. P. E.

28/01/2014 06:58

 

O caput do artigo 37 da Constituição Brasileira de 1988 prescreve Legalidade, Impessoalidade. Moralidade, Publicidade e Eficiência (L.I.M.P.E.)  ao serviço publico da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. A LEI precede e regula o Estado como criação artificial. A IMPESSOALIDADE regulada a perfeita sincronia entre cargo e função. A MORALIDADE prepara e regula a transparência. Esta transparência é administrada pela PUBLICIDADE e esta se distingue da propaganda e marketing.  Diante da PUBLICIDADE uma JUSTIÇA cega é um contrassenso.  EFICIÊNCIA NÃO constava na redação original desta Carta Magna. Porém a EFICIÊNCIA é um dos pontos que o PODER ORIGINÁRIO possui na avaliação entre os custos e benefícios de possuir em manter um ESTADO NACIONAL. A EFICIÊNCIA possui o seu TEMPO, pois JUSTIÇA que TARDA NÃO é JUSTIÇA.

CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA de 1988 TÍTULO III - Da Organização do Estado - CAPÍTULO I
DA ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA

Art. 18. A organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos desta Constituição.

Artigo 37 da CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA de 1988

http://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/2636/Poderes-basilares-da-Administracao-Publica-Artigo-37-da-Constituicao-Federal

 

PODER ORIGINÁRIO

http://prof-cirio-simon.webnode.com/news/a0-poder-originario/

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode