INDIGNAR-SE

12/10/2015 05:45

 

INDIGNAR-SE. 

A INDIGANÇAO individual, ou coletiva, é o que  mais temem  e atormentam os substitutos ou “PITUTOS”, mediadores, atravessadores ou tuteladores de  um PODER ESTRANHO e POSSESSIVO.

 As suas vitimas “devem” sofrer caladas e resignadas as ofensas, as desqualificações e a apropriação dos seus bens que lhes mais caros.

O requinte destes tuteladores, de  um PODER ESTRANHO e POSSESSIVO, foi dado pelo conselho de Maquiavel de que “as ofensas devem ser feitas todas de uma só vez, a fim de que, pouco degustadas, ofendam menos, ao passo que os benefícios devem ser feitos aos poucos, para que sejam melhor apreciados”. Capítulo VIII,  p. 37[1].

O conselheiro do Príncipe da república florentina apostava nos MECANISMOS da MEMÒRIA SELETIVA HUMANA que não suporta, por longo tempo, o seu mal-estar. Enquanto isto, esta mesma MEMÓRIA HUMANA se delicia em tornar presente e prolongar um imaginado Paraiso Perdido, sem males,  buscado num passado recente ou remoto.

INDIGNAÇÂO SELETIVA

http://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=7676

APESAR DE>>

http://www.faz.net/aktuell/feuilleton/cartoons/greser-lenz-witze-fuer-deutschland-1294625/karikatur-greser-und-lenz-13794858.html

 


Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode