IMAGINAR-SE SÁBIO.

22/01/2014 07:33
A sabedoria não é sinônima do acúmulo de informações.  A sensação de ser sábio é o resultado da habilidade de lidar com a velocidade as técnicas e os meios de informações são desfavoráveis à sua assimilação. Temos, como resultado, os pseudossábios esmagados pelo peso mórbido de informações. As suas vítimas dão sinais de embriaguez mental e fixidez intelectual que inibe os  processos de assimilação do novo e do diferente. A velocidade as técnicas e os meios de informações, em vez de acelerar,  retarda e até aniquila a saúde intelectual e toda autonomia no modo de pensar. Vale o aviso de SÊNECA[1]  (Da tranquilidade do ânimo, p. 08) “Penso que muitos poderiam ter atingido a sabedoria, se não se tivessem imaginado ter chegado até ela, se não se tivessem fingido certas coisas em si mesmos, se não passassem por outras com os olhos fechados”

 

SÊNECA: “Da TRANQUILIDADE do ÂNIMO” – Domínio \público

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=6773

 

CIÊNCIA NÃO É ARTE

http://profciriosimon.blogspot.com.br/2011/03/isto-nao-e-arte-09.html

 

SLOW WEB

http://jackcheng.com/the-slow-web

 

 EMBRIAGUÊS e SANÇÃO

http://www.espacojuridico.com/blog/inimputaveis-penalmente-descubra-mais/

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode