GRANDES ARQUITETOS

07/01/2015 07:55

O GRANDE ARQUITETO & PODER ORIGINÀRIO

 

O paradigma e as ações decorrentes da concepção do GRANDE ARQUITETO são diametralmente opostos ao paradigma e as ações decorrentes das concepções do PODER ORIGINÁRIO.

Esta distinção foi devidamente expressas pelo poeta e calculista das obras de Brasília o pernambucano JOAQUIM CARDOZO (1897-1978).

quem tiver se detido alguma vez no exame epistemológico da ciência urbanística ou, de maneira mais geral, da “ciência das formações coletivas” , que abrange desde a teoria abstrata dos conjuntos até a evolução das sociedades no seu devir, chegará à conclusão: planejar uma cidade é esforço ingente que supera mesmo a capacidade de toda uma geração, quanto mais a de um indivíduo portador de um título de arquiteto”  ( Cardozo, 2009, p133)

Forma estática-forma estética: ensaios de Joaquim Cardozo sobre arquitetura e engenharia/ organizadores: Danilo Matoso Macedo e Fabiano José Arcádio Sobreira- Brasília: Câmara dos Deputados, Edições da Câmara. 2009, 218 p. – ISBN 978-85-736-5613-8 

http://www2.camara.leg.br/documentos-e-pesquisa/publicacoes/edicoes/paginas-individuais-dos-livros/forma-estatica-forma-estetica-ensaios-de-joaquim-cardozo-sobre-arquitetura-e-engenharia

As concepções personalistas dos “GRANDES ARQUITETOS” da humanidade espalharam os seus paradigmas personalistas pelo mundo afora. No século XXI obrigam a milhões de criaturas a viveram condicionadas nas formas concebidas na sua individualidade onipotente está ai São Petersburgo de Pedro o Grande que os russos abandonaram par retornar para Moscou. Georges-Eugène HAUSSMANN (1819-1891) aniquilou a História de Paris e criou uma cidade para a lógica da artilharia para dispersar as multidões. do PODER ORIGINÀRIO A infeliz Berlim - da mente doentia de Hitler-  pereceu com o seu mentor. A capital artificial da Índia e do Brasil são mais problemas do que soluções para o PODER ORIGINÀRIO que as cerca. Concebidas para o APARELHO ESTATAL o seu  equívoco obrigou o  PODER ORIGINÀRIO a criar uma serie de improvisações urbanas periféricas que denunciam o esquecimento no qual o POVO foi jogado sem dó e nem piedade

O erro n~~ao se restringe à sua capital política. As coroas urbanas das favelas estão  onipresentes e em constante  crescimento mais vertiginoso do que as regiões planejadas e com serviços básicos regulares e em perfeito funcionamento. O  Brasil é uma expressão viva e angustiante do fracasso dos seus “GRANDES ARQUITETOS”.

Como em toda criação humana aqui também não é possível entregar-se ao MITO imponderável nem resvalar na NATURALIZAÇÂO redutora. Porém jamais a VIRTUDE fixa-se no MEIO termo muito menos no

ECLETECISMO.

. HITLER REFUGIADO no BUNKER

http://guerras.brasilescola.com/seculo-xx/o-bunker-hitler.htm

http://virtualiaomanifesto.blogspot.com.br/2009/09/os-misterios-da-morte-de-adolf-hitler.html

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode