FALÁCIAS

02/09/2014 07:19

FALÁCIAS .

A proposição de que os PARTIDOS são mais importantes do que as PESSOAS é uma falácia consumada e interesseira. A história humana está cheia de pessoas que souberam entender em si mesmas os anseios e expressar a totalidade dos indivíduos do seu TEMPO e LUGAR. O seu pensamento continua, em2014, como paradigma e pilar de nações e civilizações que atravessam tempo e lugar de origem.

A história da infãmia humana, em contraposição, está lajeada de partidos, de ideologias coletivas e de seitas que corromperam e manietaram nações, povos e governos.

Do ponto de vista político, um Estado possui um contrato coletivo, pactuado e exigido de tal forma que um dos seus cargos pode ser ocupado pela mais sábia e íntegra pessoa ou então pelo mais ignorante e corrompido. Uma constituição,por mais fragil que seja, impede que esta pessoa personalize o cargo que ocupa.

Num partido, numa ideologia ou numa seita, basta que uma camarilha tome conta do seu poder central, para manietar e corromper os seus mais elevados propósitos. Sempre haverá um cortejo de beneficiários dos despojos destas malfadadas instituições. Isto se este cortejo não toma, como refém, o governo de um Estado ao exemplo do que a humanidade cansou de assistir em todos os tempos e lugares.

Esta proposição e esta defesa da pessoa, pode também ser outra falácia. Assim aqueles que se opõe a ela, possuem argumentos para combatê-la.

Mahatama GANDHI (1869-1948) e seguidores da NÃO VIOLÊNCIA

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode