FÁBRICAS de DIPLOAMAS

04/03/2015 07:15

Disciplinas universitárias que NÃO profissionalizam

 

Disciplinas que não profissionalizam - como Filosofia, Matemática, Artes e tantas outras,  - são olhadas com desdém, senão combatidas - direta ou indiretamente - mesmo em universidades que se dizem sérias. Isto quando  nem constam no currículo,  ou são descartadas na primeira adversidade ou intriga promovida pela disciplinas ditas “sérias”.

Seriedade fundamentada em conceitos de “profissionalização”.  Profissões que nem existem mais ou evoluíram tanto que as universidades oferecem apenas caricaturas delas.

Nestas intrigas,  quem sai perdendo é a formação humana. Estes infelizes alunos - distantes de qualquer maiêutica socrática - são treinados a fazer e a pensar em paradigmas coloniais que mascaram e requentam antiquíssimas doutrinas de heteronomia e de escravidão.

Porém há de se louvar tal coerência destas universidades e cursos superiores profissionalizantes por excelência. Eles não podem ser acusados de não colaborarem e fugirem aos ditames impostos pela política, pela cultura e pela economia. Pata destas universidades e cursos superiores profissionalizantes a autonomia do estudante, a sua força criativa e inovadora só estorvam, se não são temíveis e perigosos.

 

MILITARES PORTUGUESES BUSCAM PROFISSIONALIZAR CIÊNCIAS

http://www.cies.iscte.pt/np4/?newsId=453&fileName=CIES_WP135_Mineiro.pdf

 

UNIVERSIDADE AMBEV

http://www.jornalgrandebahia.com.br/2012/07/universidade-ambev-investe-mais-de-r-30-milhoes-em-capacitacao-dos-funcionarios.html

 

FÀBRICA de DIPLOMAS

http://antesquixote.blogspot.com.br/2009_02_01_archive.html

http://www.contee.org.br/noticias/enem/

 

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode