ESCRAVIDÃO como ESTATUTO LEGAL.

27/08/2013 07:20

 

Hoje, por mais horror e asco cause o termo “escravo”, o seu estatuto legal foi um imenso progresso quando ganhou  a forma como o descreve Aristóteles. Antes deste estatuto, o simples extermínio físico, os ultrajes, as práticas mais atrozes contra o oponente e o inimigo tinham livre curso sem lei e sem  limites. No caso da escravidão, evidente que nenhum dos projetos  deve ganhar nem mesmo o estatuto da sua discussão. No entanto nunca alguém  sabe - numa época de desregulamentação o PODER ORIGINÁRIO - diante de quem, de que projeto ele se encontra e quem deve combater. O problema é que, neste caso, o tema pode deslizar para as trevas, ter livre curso, sem lei e sem  limites e emergir de lugares obscenos. Emergir  na forma dos campos de extermínio industrial sistemático, nas prisões e execuções sumárias ou se sofisticar e legalizar nos Guantánamo’s ou nas prisões de alta periculosidade.

Certamente nem Democracia e nem Liberdade existem fisicamente. A sua presença se materializa em cada expressão de liberdade e de democracia e que será, ou não, com as circunstâncias nas quais este discurso é mantido. O simples e singelo silêncio pode significar a conivência com a escravidão obscena.

 

O termo  “ESCRAVIDÃO” em DOIS CASOS concretos

http://www.gptec.cfch.ufrj.br/pdfs/SSRN-id2292503.pdf

 

ESTATUTO da ESCRAVIDÃO BRASILEIRA

http://www.academia.edu/388464/O_estatuto_juridico_dos_escravos_na_civilistica_brasileira

 

 ARISTÓTELES e a ESCRAVIDÃO

http://www.cmrj.ensino.eb.br/ensino/notas_aula/2bim2013/28HIS03.pdf

 

NÃO FOI no GRITO  -  VOZES da ÁFRICA: ESCRAVIDÃO e COLONIALISMO.

http://naofoinogrito.blogspot.com.br/2013_08_01_archive.html

 

Agosto de 2013: 21 milhões de pessoas vivendo como escravos no mundo

http://www.walkfree.org/modern-slavery/learn/#

 

ZOOLÓGICO HUMANO

http://www.lemonde.fr/culture/article/2013/08/22/a-lussas-un-projet-de-documentaire-veut-revisiter-le-temps-de-la-colonie_3465013_3246.html

 

<<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>>> 

NEM TUDO É ARTE

http://profciriosimon.blogspot.com.br/2011_07_01_archive.html

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode