CONTRATO com a SERVIDAO

18/09/2013 07:31

 

Por mais honesto e correto que seja o cidadão, na sua ingenuidade ou cegueira, é vitima frequente de miseráveis contratos com a  servidão. Querendo agradar ou servir este cidadão é vítima  assídua  e preferencial de ícones que encobrem monstruosas formas de escravidão mental, cultural e até econômica. Monstros que exigem das suas vítimas imediata perda de identidade, de personalidade e de individualidade. Estes monstros manejam com habilidade os sentimentos contraditórios entre culpa e perdão, desestabilizam as suas vítimas e lhes furtam a liberdade. No maniqueísmo entre culpa e perdão manejam habilmente os laços da escravidão e d colonialismo.  Manejam com maestria a escravidão e o colonialismo  recorrendo as ferramentas da  mídia industrial das grandes personagens. A cultura hegemônica promete fama,  riqueza e a fortuna, a quem lhes entrega alma, enquanto soa o seu mantra  “menti, menti de novo que algo sempre irá permanecer”.

 

SERVIDAO VOLUNTARIA

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/vladimirsafatle/2013/07/1315146-servidao-voluntaria.shtml

 

DISCURSO da SERVIDAO VOLUNTARIA

http://www.culturabrasil.pro.br/boetie.htm

 

ETIENNE de la BOETIE (1530-1575)

http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89tienne_de_La_Bo%C3%A9tie

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode