CONFIANÇA CONTRATUAL

23/09/2014 18:16

CONFIANÇA CONTRATUAL e a SUA CORRUPÇÃO.

O mundo contemporâneo nasceu, se desenvolveu e se reproduziu sob o
paradigma   da confiança   em contratos.  Deles derivam 
as  riqueza de uma nação, de uma
instituição, ou mesmo de uma pessoa. A coerência e a saúde contratual que são
mensuráveis pela reserva de valores econômicos que pode dispor a qualquer
momento de sua existência e que todos acham justos. Da mesma forma o caráter, a
cultura e a civilidade de uma pessoa, instituição ou nação são mensuráveis pela
"RESERVA MORAL" que geraram, administram e multiplicam.

Não se fala, e se descarta liminarmente, a qualquer nação, instituição ou
indivíduo que falsifica e não cumpre 
contratos. O  mundo não carece de
tratantes ordinários

Porém, aqui,  se condenava ferozmente os tratantes extraordinários. Estes
especialistas extraordinários "esticam", "estetizam" ou praticam uma
hermenêutica particular e interesseira na formulação dos contratos e na
cobrança de pseudo-contratos. Se apresentam na forma de   atravessadores, mediadores e falsos
tutelares. Especialistas em forjar e produzir factoides contratuais.
Factoides  que simulam os seus contratos
no seu repertório subliminar em terminologia exótica com os quais revestem que
armam para nações, instituições ou indivíduos .

  • As guerras, os conflitos, o colonialismo e a escravidão possuem a sua
    raiz no abalo da confiança em contratos com cláusulas subliminares, difusas e
    secretas.

INVENTAR um POVO


http://profciriosimon.blogspot.com.br/2009/12/poder-originario-ou-inventar-um-povo.html


EM NOME DESTE
PSEUDO POVO


http://profciriosimon.blogspot.com.br/2009/12/em-nome-do-poder-originario-da.html


 


 


Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode