COMPORTAR-SE em PORTO ALEGRE como em PARIS

05/08/2017 00:09

COMPORTAR-SE em PORTO ALEGRE como PARISIENSE. 

 

Um dos índices de atraso mental, emocional e comportamental é imitar os tiques, os sotaques e caprichos de povos e de culturas alheias.

Ao mesmo tempo em que constitui alienação do seu LUGAR, SOCIEDADE e TEMPO é um solene desprezo para o AQUI e AGORA.

Este pedantismo, alienação e desprezo  só desestabiliza a inteligência, a vontade e os sentimentos que, alienados,  não estimam, querem CONHECER A SI MESMO na mais elementar e universal norma de EDUCAÇÂO.

EDUCAÇÂO que sempre foi o “EDUCERE”,  ou seja, trazer para o mudo, para o conhecimento e para apreço aquilo que é inerente a cada SER humano, cultura ou civilização.
Evidente aqui não se deseja discriminar agentes comerciais, turistas ou diplomáticos portadores da identidade e natureza de outras TERRAS, POVOS e TEMPOS CULTURAIS. O princípio de “COMPORTAR-SE em ROMA como os ROMANOS” marca este limite de LUGAR TEMPO  e SOCIEDADE que necessita ser reconhecido, imitado e estimado pelo estrangeiro. O inverso também é verdadeiro: cada TERRA, POVO e TEMPO possui o direito ao SER de sua própria IDENTIDADE, seus INTERESSES e seus SENTIMENTOS. Estes povos estrangeiros hegemônicos  atingiram a  sua própria identidade e o seu próprio MODO de SER no mundo, na medida em que foram competentes para aceitar, cultivar e projetar - para além de suas fronteiras - o SEU PRÓPRIO CONHECIMENTO.

MÁRIO de ANDRADE NUNCA ATRAVESSOU o ATLANTICO para “SUBIR PARA PARIS” - e TALVEZ POR ISTO MESMO – que ele pode sintetizar a SEMANA de ARTE MODERNA de 1922 , em 1942,  para a UNE distinguindo e reivindicando:  

o direito permanente à pesquisa estética; a atualização da inteligência artística brasileira; e a estabilização de uma consciência nacional [..] A novidade fundamental, imposta pelo movimento  foi a conjugação dessas três normas num todo orgânico da consciência coletiva

ANDRADE, Mario O movimento modernista: Conferência lida no salão de Conferências da Biblioteca do Ministério das Relações Exteriores do Brasil no dia 3 de abril de 1942. Rio de Janeiro :Casa do Estudante do Brasil, 1942,  p.45.

 

¿Para que governo ?

https://pracadobocage.wordpress.com/tag/emigracao/

 

PARISIENSE DE SLUMBRADO

https://www.saraiva.com.br/como-ser-uma-parisiense-em-qualquer-lugar-do-mundo-8141546.html

 

https://br.pinterest.com/explore/shopping-cidade-lojas/

 

http://blogrodrigomada.blogspot.com.br/2010/10/

 

HABITOS de PORTO ALEGRE

http://dialeticadazueira.blogspot.com.br/2014/10/top-10-saudades-de-porto-alegre.html

 

DICIONÀRIO de EXPRESSÔES  SUL-RIO-GRANDENSES

http://www.gremiodoprata.com.br/blog/wp-content/uploads/2012/10/Dicionário-de-Gaúcho_brasileiro.pdf

 

Imagem

 http://revistadonna.clicrbs.com.br/porai/2015/01/12/10-dicas-muito-faceis-para-ser-uma-linda-parisiense/

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10204031802112799&set=a.3584675712991.1073741826.1756223351&type=3&theater

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode