COMPARAÇÕES INÓCUAS e INÍQUAS

04/12/2013 09:13

 

Os marqueteiros, os atravessadores e os mediadores - sem ética ou sem moral – vivem realizando estatísticas com dados e que lhes interessam com o objetivo de manterem o seu poder por cima e por fora.  A partir desta “sólida e inquestionável base numérica” começam a realizar as suas comparações inoportunas e vazias. Vazias para não serem obrigados a agir. Inoportunas  e com o objetivo de transferir  a culpa aos outros.  Comparações das quais eles próprios estão fora. Mantém os seus objetivos inconfessos no interior de seu próprio paradigma que nada possuem em comum com a solução real das causas do problema. Além da mais  absoluta inocuidade, possuem o dom de serem odiosos e iníquos.

 

O Brasil no ranking da Educação

http://www1.folha.uol.com.br/saber/882676-brasil-fica-no-88-lugar-em-ranking-de-educacao-da-unesco.shtml

 

O DISCURSO METAFÍSICO  POR CIMA e POR FORA

http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/natural-sciences/education-for-sustainable-development/

 

METAFÍSICA ODIOSA e SEM AÇÂO

http://noticias.uol.com.br/infograficos/2013/03/14/brasil-fica-na-85-posicao-no-ranking-mundial-de-idh-veja-resultado-de-todos-os-paises.htm

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode