ALFINETES nas COSTAS

25/09/2015 06:37

 

COMTISMO e POSITIVISMO na PROVÍNCIA.

A meia cultura contenta-se com cravar um alfinete nas costas dos sábios e se apropriar de sua memória. Por meio deste simples alfinete classificatório um MAX WEBER é personalização exclusiva da ÉTICA PROTESTANTE, não importando o quanto de diferente tenha pensado e escrito.

Os tuteladores, atravessadores do pensamento e os mediadores tratam EPÍGRAFES e as confundem com TÍTULOS pomposos e que sejam bons de marketing e propaganda. Não importa o que estes títulos tentem vender. O importante é que surpreendam e façam arrepios em que os recebe.

Foi o caso do positivismo no Rio Grande do Sul e no Brasil tornou-se panaceia e tomou proporções de MITO desconhecido no contexto do comtismo parisiense.

É evidente que é mais fácil lidar com o MITO do que com a pessoa em carne em osso e pensamentos próprios. Os “pitutos”, os pseudo tuteladores, os mediadores e atravessadores realizam, com o MITO, as maravilhas que bem lhes interessam...

POSITIVISMO e AUGUSTE COMTE

http://www.estudopratico.com.br/positivismo-conceito-e-resumo-de-suas-caracteristicas/

http://www.klickeducacao.com.br/enciclo/encicloverb/0,5977,POR-11126,00.html

PITUTOS

http://etimologias.dechile.net/?pituto

FACE BOOK

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10201357991509205&set=a.10201357991469204.1073742592.1756223351&type=3&theater


Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode