AGRADAR o ELEITOR

18/03/2014 07:41

AGRADAR o ELEITOR

Os atravessadores, mediadores ou pseudo tuteladores do PODER ORIGINÁRIO juram que não querem agradar  seus ELEITORES. Protestam que eles fazem a Política no mais alto sentido civilizatório. Seguem ao pé da letra Winston Churchill que afirmava que “depois de alguns debates, espero que todos façam o que eu quero”. Querem cargos e o PODER ORIGINÁRIO submisso em suas mãos e realizando o que a sua estreita mente é capaz de conceber como destino de todos e para a felicidade geral.

[BRUEGHEL Peter o Velho 1526-169 - País da Cocanha.  1567 – óleo -  52 x 78 cm]

Para tanto prometem para a patuleia o que não podem fazer, naturalizam o poder, criam eventos de “pão e circo”. Os atravessadores, mediadores ou pseudo tuteladores do PODER ORIGINÁRIO instauram o mais crasso populismo pelo qual tentam conseguir, para eles só, aquilo que lhes interessa o aqui e o agora.  O eleitor não precisa saber qual a função do cargo que pretendem exclusivamente para eles. Precisa apenas decore o número do candidato ou levar um “santinho” com este número. Digitado o do número do candidato o eleitor esquece em quem votou.  Ele jamais irá cobrar o contrato que lhe foi escamotado, que jamais existiu ou foi abafado no meio do ruído do evento eleitoral.

 

Pais da cocanha

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cocanha

 

FRASES de CHURCHILL

http://www.quemdisse.com.br/frase.asp?frase=8948

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode