A INDEPENDÊNCIA do BRASIL NÃO FOI GRITO

15/02/2014 07:45

 

O Quarto Distrito de Porto Alegre celebra - no nome de uma das suas ruas -  o final da GUERRA da INDEPENDÊNCIA BRASILEIRA no dia 18 de novembro de 1823.

Para a desgraça da autêntica memória nacional foi passado ao PODER ORIGINÁRIO BRASILEIRO que a SOBERANIA BRASILEIRA aconteceu num PASSO de MÁGICA no dia 07 de setembro de 1822 numa cena longamente montada do GRITO do IPIRANGA. Este GRITO escolhido entre tantos outros fatos - construído pelo REGIME IMPERIAL em pleno declínio e a beira do seu colapso diante da iminente PROCLAMAÇÂO REPÚBLICA - esconde os árduos, longos e difíceis trabalhos que precederam a SOBERANIA BRASILEIRA. Este GRITO do IPIRANGA esconde mal também a GUERRA da INDEPENDÊNCIA que a jovem nação teve de travar depois deste GRITO contra os interesses daqueles que ocupavam o território do BRASIL desde 1500.

GUERRA da INDEPENDÊNCIA que terminou em Montevidéu, no dia 18 de novembro de 1823, com a capitulação do exército lusitano para as forças brasileiras que ocupavam o Uruguai. Outro fato que se escamoteia e se evita mencionar em nome de uma VERDADE CONSTRUÍDA para manter a falsa  IMAGEM do BRASILEIRO CORDIAL e numa EPOPEIA de GRITOS.

18.11.1823 FIM da GUERRA da INDEPENDÊNCIA do BRASIL

http://historiasylvio.blogspot.com.br/2012/07/independencia-do-brasil.html

 

Blog “NÃO FOI no GRITO” – sumário do 2º ano

http://naofoinogrito.blogspot.com.br/2013/07/nao-foi-no-grito-076.html

Contato

Poder Originário

prof.cirio.simon@gmail.com

Travessa PEDRO AMÈRICO nº 28 ap.11
Bairro São João - PORTO ALEGRE -RS
90.550-100

SEM TELEFONE

Pesquisar no site

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode